Assine Já
domingo, 20 de setembro de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
morte

Tiroteiro em Arraial do Cabo acaba em morte de criminoso

Em operação da Polícia Militar, cinco pessoas ficaram feridas

02 abril 2016 - 10h41
Tiroteiro em Arraial do Cabo acaba em morte de criminoso

Antes considerada pacata, Arraial do Cabo, nos últimos tempos, tem se visto às voltas com diversos episódios de violência. Na manhã de ontem, os moradores que vivem nas proximidades do morro da Cabocla, também conhecido como morro da Coca-Cola, próximo à trilha da praia do Forno, foram acordados com os sons de disparos feitos por traficantes em direção a policiais militares da 6ª Companhia, cuja base funciona na cidade.

Eles haviam recebido denúncia anônima de que uma carga de drogas era levado ao local. Com a informação de que os líderes do tráfico na comunidade estariam escondidos em uma casa na trilha, a PM tentou se aproximar dos suspeitos no meio do mata, mas foram recebidos a tiros.

No tiroteio, Dagnês Farias Coutinho, o DG, foi baleado e não resistiu aos ferimentos. Marcos Duarte Bertania, o MK, apontado como chefe do tráfico no morro e David Ferreira de Souza também foram atingidos. Ambos foram socorridos e levados para o Hospital Geral da cidade. Depois de liberados, foram presos, assim como Denilson Souza Tavares, o DN, e Adão Renato da Silva Fernandes. Um policial também foi ferido na perna, mas passa bem.

O conflito levou tensão aos moradores do bairro e, de certo modo, do restante da cidade durante o dia. O policiamento foi reforçado no local. Ao mesmo tempo, as buscas continuaram na mata, onde foi encontrada grande quantidade de drogas, armas e munições de diversos calibres.
Ao todo, foram apreendidas em diferentes embalagens mais de 5 Kg de pasta base de cocaína, além de 1.923 cápsulas da mesma droga, 10 vidros de lanças perfume. Também foi encontrado material para endolação da droga e uma balança de precisão. Os policiais levaram ainda para a delegacia uma pistola Taurus .40 carregada com 14 munições, uma pistola 9 mm com 14 munições, duas espingardas calibre 12, além de munições avulsas para pistolas .40 e 9 mm e espingarda calibre 12.
De acordo com a polícia, o Morro da Cabocla é uma espécie de ‘filial’ da Favela do Lixo, no Manoel Corrêa, em Cabo Frio, que tem fortes ligações com o traficante Carlos Eduardo Freire Barboza, o Cadu Playboy, preso desde novembro de 2014 no Complexo de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste do Rio.

* Confira a matéria completa na edição deste fim de semana da Folha dos Lagos.