Assine Já
sábado, 04 de julho de 2020
Região dos Lagos
23ºmax
16ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 260 584 40
Armação dos Búzios X 250 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 943 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 455 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
Verão

Temperaturas ficam acima da média neste fim de ano em parte do Brasil

Aquecimento global e El Niño são principais motivos para o verão mais quente

12 dezembro 2015 - 17h13Por Filipe Carbone

Com temperaturas que prome­tem ultrapassar os 40ºC por vários dias seguidos, o verão deste ano, que terá início no dia 22 de de­zembro, às 2h48, promete ser um dos mais quentes da história. No Rio de Janeiro, a expectativa é de que os termômetros registrem um calor de 4ºC acima da média. Um dos principais motivos pelas altas temperaturas será uma combina­ção climática inédita: a elevação da temperatura média do planeta por conta do aquecimento global e o fenômeno El Niño intenso.

A previsão do super El Niño é de que ele seja um dos mais in­tensos já registrados. De acordo com a Orientação Meteorológica Mundial, este fenômeno será um dos quatro mais quentes dos últi­mos 65 anos – razão pela qual o verão 2015/16 entre para a histó­ria como um dos mais quentes e secos em grande parte do país, já que a ausência de chuva será uma das marcas da temporada. Apesar da chuva acima da média no su­deste nesta primavera, a expectati­va para o verão é mais animadora do que a do último ano – quando o país enfrentou uma grave crise hídrica –, ainda assim, a falta de chuvas será a maior influência para as elevadas temperaturas.

Calor em Cabo Frio – Na úl­tima quinta-feira (10) a cidade de Cabo Frio já começou a sentir os efeitos do que pode ser o verão deste ano. De acordo com dados do Redemet Dados de Aeroportos, os termômetros chegaram a registrar 36ºC e sensação térmica chegou aos 46ºC.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa deste fim de semana (12 e 13)