Assine Já
sábado, 08 de agosto de 2020
Região dos Lagos
26ºmax
15ºmin
Alerj
Alerj
TEMPO REAL Confirmados: 4814 Óbitos: 285
Confirmados Óbitos
Araruama 820 56
Armação dos Búzios 357 9
Arraial do Cabo 120 12
Cabo Frio 1591 95
Iguaba Grande 334 23
São Pedro da Aldeia 748 39
Saquarema 844 51
Últimas notícias sobre a COVID-19
temperatura

Temperatura desta quinta-feira poderá chegar a 13º no estado

Mar agitado e risco de ressaca em Cabo Frio

14 agosto 2014 - 15h37Por Nicia Carvalho/ Foto: Johnny Costa
 Temperatura desta quinta-feira poderá chegar a 13º no estado

A previsão não é das melhores. Depois de vários dias com sol, uma frente fria mudou a paisagem do Rio e da Região dos Lagos. A estimativa do Instituto Climatempo é de que a mínima possa chegar a 13ºC e a máxima a apenas 19ºC. Caso se confirme, a projeção para a tarde desta quinta-feira (14) pode bater o recorde atual, de 20º, na máxima. Em Cabo Frio, as variações ficam entre 18º e 14º, com chuva durante todo o dia e chuviscos à noite, com céu nublado.

O meteorologista Alexandre Nascimento, do Instituto Climatempo, antecipa que antes do fimd o Inverno, haverá a passagem de pelo menos mais duas ondas de frio ou frente fria significativa. A primeira, inclusive, já chegou ao Rio de Janeiro. Hoje, o dia na capital amanheceu chuvoso e frio com ocorrência de rajadas de vento, de moderada intensidade.

- A chuva, no entanto, não é suficiente para acumular grandes volumes que possam reverter o quadro da seca em outras regiões do país. O aumento da umidade vai ajudar, sim, a melhorar a qualidade do ar – explicou Nascimento, acrescentando que à tarde e à noite chove de forma leve na capital fluminense e na Região dos Lagos.

Nesta sexta-feira (15), o sol aparece com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. A noite poderá ser com muitas nuvens. A máxima não passa de 21º e a mínima fica em 15º. No sábado e domingo, o tempo começa a melhorar e o sol surge mais força, apesar de ainda entre muitas nuvens. Os termômetros oscilam entre 23º e 15º.

Mar agitado e risco de ressaca

Ondas grandes geradas pela passagem de um ciclone extratro-pical em alto-mar, ao largo do litoral da Argentina, já começaram a chegar ao litoral fluminense. O mar sobe ainda mais e fica bastante agitado, com risco de ressaca. As ondas devem ficar entre dois e três metros de altura em muitas praias, inclusive da capital. Esta agitação marítima ainda será bastante significativa amanhã e também durante o sábado