Assine Já
terça, 15 de junho de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 42644 Óbitos: 1636
Confirmados Óbitos
Araruama 10478 329
Armação dos Búzios 5160 57
Arraial do Cabo 1486 81
Cabo Frio 11383 605
Iguaba Grande 4350 105
São Pedro da Aldeia 5841 254
Saquarema 3946 205
Últimas notícias sobre a COVID-19
PM

Técnicos consertam rede elétrica danificada  na Praia do Siqueira

Moradores sem ônibus e universitários sem aula

14 maio 2014 - 19h01
Técnicos da Ampla passaram o dia inteiro desta quarta-feira (14) consertando a rede elétrica da Avenida América Central, na Praia do Siqueira, onde na noite de terça-feira (13) um ônibus da empresa Salineiras foi incendiado pelos moradores como forma de protesto contra a morte do traficante Ricardo dos Santos Lima, o Chica. A PM ocupa o bairro e ainda não tem previsão de deixar a área. O comandante do 25º Batalhão de Polícia Militar (Cabo Frio), tenente-coronel Ruy França,esteve no bairro durante a tarde desta quarta-feira (14) que a PM irá continuar agindo para combater o tráfico de drogas no município e com isso conter a violência. 
_ Já estamos sabendo quem irá assumir o comando na venda de entorpecentes e estamos aliados com o Serviço de Inteligência com o objetivo de autuar mais um criminoso _ garantiu França
Grande parte do comércio do bairro Parque Burle permaneceu fechado durante todo o dia e a empresa de ônibus Salineiras informou por nota da assessoria de imprensa que as linhas municipais que circulam pelos bairros Campo Redondo, São João, Parque Estoril e Vinhateiro estariam circulando somente pela Rodovia RJ-140. Assim como os veículos que trafegam pela linha São Pedro - Alecrim seguiam pelo asfalto e os ônibus que trafegam pelo Bairro Baixo Grande estavam fora de operação. Alunos da Universidade Veiga de Almeida (UVA), que funciona próximo à Praia do Siqueira, foram dispensados nesta quarta-feira (14). A assessoria de imprensa da universidade informou que todas as atividades acadêmicas e administrativas do campus Cabo Frio foram suspensas devido aos últimos acontecimentos. A medida, segundo a nota,  visa resguardar a segurança de alunos e funcionários da instituição.