Assine Já
segunda, 30 de novembro de 2020
Região dos Lagos
31ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 12084 Óbitos: 539
Confirmados Óbitos
Araruama 2426 118
Armação dos Búzios 1132 16
Arraial do Cabo 427 16
Cabo Frio 3625 181
Iguaba Grande 1129 40
São Pedro da Aldeia 1874 76
Saquarema 1471 92
Últimas notícias sobre a COVID-19
TCE

TCE determina suspensão da licitação da Comsercaf

Ao todo, Tribunal determina revisão de mais de 40 itens diferentes

18 agosto 2017 - 08h05Por Redação I Foto: Arquivo Folha
TCE determina suspensão da licitação da Comsercaf

O Tribunal de Contas do Esta­do (TCE-RJ) determinou a sus­pensão por 30 dias do processo de licitação da Comsercaf no va­lor de R$72 milhões, que seria realizado ontem, até que o órgão delibere conclusivamente sobre o caso. No processo, o tribunal aponta 46 itens que terão que ser revistos, alterados ou suprimi­dos. O vereador Rafael Peçanha (PDT), um dos principais opo­sitores do atual governo, foi o responsável pela Medida Caute­lar ingressada na quarta-feira no TCE, que pedia a suspensão da realização da licitação. Em nota, a Comsercaf informou que tem 30 dias para adequar a situação.

O vereador comemorou a de­cisão, mas afirmou que todo o processo precisa ser investigado.

– Este é só o primeiro passo. Temos um longo trajeto, pois o tribunal pediu a reformulação e a Comsercaf terá o direito de re­fazer e tem prazo pra apresentar as mudanças no edital – infor­mou Rafael Peçanha.

A licitação é para a contrata­ção de serviços como coleta de lixo, capina e roçada de vias e limpeza de ralos. O TCE pede detalhes, por exemplo, do “pla­no de pintura”, “onde consta a indicação dos 1.000km de eixo de vias, valos base para esti­mativa de pintura de 16 km de eixo por dia, conforme compo­sição de custos”. O TCE tam­bém pede o “plano de varrição”, “onde consta quilometragem de 60 Km, além de informar a rela­ção e extensão dos logradouros atendidos com a frequência”.

O órgão a exclusão, por exemplo, “do serviço de raspa­gem de terra e areia ou justificar sua permanência” e a inclusão de cláusula que estabeleça a ne­cessidade da “futura contratada obedecer às disposições da Reso­lução CONAMA 307/02, no que tange à gestão de resíduos sólidos”.

Em todo o documento fica claro o objetivo do órgão em ter detalhes do investimento do montante oferecido, no caso, R$72 milhões. Outro item que o tribunal pede revisão é o de número de compactadores de lixo: “justificar ou reduzir o nú­mero de compactadores para 13 unidade (12+1 de reserva) e a consequente diminuição propor­cional do número de coletores e motoristas dos caminhões”.

Ainda de acordo com o do­cumento, a falta de clareza é uma ameaça à concorrência no certame. “Excluir ou justificar a exigência de metodologia de execução, uma vez que a empre­sa que já executa os serviços no município de Cabo Frio dispõe de informações mais comple­tas para subsidiar a elaboração de metodologia, criando assim, vantagem competitiva”.

– Outra questão precisa ser investigada. Algumas cidades foram punidas pelo Tribunal por aparentemente estarem vei­culando editais propositalmente irregulares para que fossem can­celados e os contratos emergen­ciais pudessem ser prorrogados. Não estou acusando a Comser­caf, mas dizendo que a partir de agora essa situação entrou no rol de situações semelhantes – dis­parou o vereador Rafael.

Por meio de nota, a Com­sercaf informou que as em­presas que retiraram o edital foram comunicadas e o aviso de adiamento foi devidamen­te publicado em jornais de circulação local e estadual. A Comsercaf tem 30 dias para alterar ou justificar os termos destacados no relatório, e o certame será remarcado após a concordância do TCE.