Assine Já
domingo, 16 de maio de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
15ºmin
Alerj
Alerj
TEMPO REAL Confirmados: 38271 Óbitos: 1463
Confirmados Óbitos
Araruama 9632 300
Armação dos Búzios 4705 57
Arraial do Cabo 1332 69
Cabo Frio 10222 542
Iguaba Grande 3800 93
São Pedro da Aldeia 5306 227
Saquarema 3274 175
Últimas notícias sobre a COVID-19
Saúde

SOS Saúde: mais uma vez, servidores de Cabo Frio ficam sem auxílio doença

Ibascaf atrasa novamente pagamento e beneficiários vivem em apuros

16 setembro 2015 - 11h24

GABRIEL TINOCO

 

Servidores municipais recla­mam de mais um atraso do au­xílio-doença. O pagamento do benefício até essa terça-feira (15) não foi debita­do pelo Instituto de Benefícios e Assistência aos Servidores Municipais de Cabo Frio (Ibascaf). Enquanto isso, os beneficiários se desdobram para arcar com as despesas do dia a dia.

    

O Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Se­pe-Lagos) apresentou denúncia no Ministério Público e agendou uma reunião com a promotora ara tratar da reprovação das con­tas do Ibascaf.

– O que acontece: 11% do contracheque dos servidores é depositado ao Ibascaf. Só que a Prefeitura precisa pagar o des­conto patronal em sua totalida­de, o que não está acontecendo. Isso significa que o rombo do Ibascaf está tremendo. Por isso não paga o auxílio-doença, não libera as aposentadores, dentre outros benefícios previdenciá­rios. Então, marcaremos uma reunião no Ministério Público para tratar desses assuntos – co­menta Denise Soares Teixeira, diretora do Sepe.

A professora concursada An­gely Barbosa Guimarães, 40, garante que o atrasado tem se tornado rotina para os benefi­ciários. Segundo ela, o Ibascaf não apresenta nenhuma solução e nem previsão de saída do pa­gamento.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta quarta-feira (16)