Assine Já
sábado, 08 de agosto de 2020
Região dos Lagos
26ºmax
15ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 4786 Óbitos: 283
Confirmados Óbitos
Araruama 820 56
Armação dos Búzios 357 9
Arraial do Cabo 120 12
Cabo Frio 1563 93
Iguaba Grande 334 23
São Pedro da Aldeia 748 39
Saquarema 844 51
Últimas notícias sobre a COVID-19
Saúde

SOS Saúde: mais uma vez, servidores de Cabo Frio ficam sem auxílio doença

Ibascaf atrasa novamente pagamento e beneficiários vivem em apuros

16 setembro 2015 - 11h24

GABRIEL TINOCO

 

Servidores municipais recla­mam de mais um atraso do au­xílio-doença. O pagamento do benefício até essa terça-feira (15) não foi debita­do pelo Instituto de Benefícios e Assistência aos Servidores Municipais de Cabo Frio (Ibascaf). Enquanto isso, os beneficiários se desdobram para arcar com as despesas do dia a dia.

    

O Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Se­pe-Lagos) apresentou denúncia no Ministério Público e agendou uma reunião com a promotora ara tratar da reprovação das con­tas do Ibascaf.

– O que acontece: 11% do contracheque dos servidores é depositado ao Ibascaf. Só que a Prefeitura precisa pagar o des­conto patronal em sua totalida­de, o que não está acontecendo. Isso significa que o rombo do Ibascaf está tremendo. Por isso não paga o auxílio-doença, não libera as aposentadores, dentre outros benefícios previdenciá­rios. Então, marcaremos uma reunião no Ministério Público para tratar desses assuntos – co­menta Denise Soares Teixeira, diretora do Sepe.

A professora concursada An­gely Barbosa Guimarães, 40, garante que o atrasado tem se tornado rotina para os benefi­ciários. Segundo ela, o Ibascaf não apresenta nenhuma solução e nem previsão de saída do pa­gamento.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta quarta-feira (16)