Assine Já
sábado, 18 de setembro de 2021
Região dos Lagos
28ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 50688 Óbitos: 2057
Confirmados Óbitos
Araruama 12158 430
Armação dos Búzios 6182 64
Arraial do Cabo 1680 90
Cabo Frio 14015 822
Iguaba Grande 5355 134
São Pedro da Aldeia 6830 284
Saquarema 4468 233
Últimas notícias sobre a COVID-19
Saúde

Sindicatos vão denunciar prefeitura de Cabo Frio no Ministério Público

Motivo é qualidade das refeições servidas nas unidades municipais de Saúde

28 novembro 2015 - 14h15
Sindicatos vão denunciar prefeitura de Cabo Frio no Ministério Público

O Sindicato dos Servidores da Saúde (SindSaúde) em conjunto com o Sindicato dos Servidores da Saúde de Cabo Frio (Sindicaf) vão entrar com representação contra a prefeitura e a Denajud, empresa que fornece as refeições de toda a rede municipal de Saúde, para denunciar a má qualidade da comida. Causou revolta, ontem, nas redes sociais, as fotos publicadas do cardápio servido para pacientes e funcionários: arroz, feijão e dois ovos cozidos. O fato se repetiu em diferentes unidades municipais como os hospitais São José Operário, em São Cristóvão; Otime Cardoso dos Santos, no Jardim Esperança e no núcleo de Saúde da Família do Manoel Corrêa.

A empresa alega que a prefeitura deve dez meses pelo fornecimento das refeições, mas segundo informações do portal da transparência consta o pagamento de mais de R$ 9,5 milhões desde o ano passado. Segundo o portal, em 2014, teriam sido pagos à empresa mais de R$ 6,5 milhões, enquanto este ano, seriam mais de R$ 3 milhões. 

– É uma falta de respeito muito grande com todos os profissionais de saúde. Esse prefeito não tem compromisso com a saúde dos moradores de Cabo Frio, porque servir a comida que foi servida hoje (ontem), entre outros, é uma prova disso – disparou o presidente do SindSaúde, Gelcimar Almeida, o Mazinho.

Leia a matéria completa na edição impressa deste fim de semana da Folha dos Lagos.