Assine Já
sexta, 18 de setembro de 2020
Região dos Lagos
30ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7483 Óbitos: 397
Confirmados Óbitos
Araruama 1452 99
Armação dos Búzios 466 10
Arraial do Cabo 201 13
Cabo Frio 2467 130
Iguaba Grande 622 34
São Pedro da Aldeia 1153 50
Saquarema 1122 61
Últimas notícias sobre a COVID-19
sindicatos

Salários atrasados: sindicatos rejeitam proposta do governo de Cabo Frio

Sindicaf (servidores públicos), SindSaúde, Associação dos Guardas e Associação dos Fiscais tomaram decisão em assembleia nesta segunda (9)

09 janeiro 2017 - 21h07
Salários atrasados: sindicatos rejeitam proposta do governo de Cabo Frio

Após a Educação acatar proposta de pagamento feita pela Prefeitura de Cabo Frio, outras categorias não tomaram a mesma decisão: em assembleia realizada na noite desta segunda-feira (9), Sindicaf, SindSaúde, Associação dos Guardas e Associação dos Fiscais disseram "não" a acordo sugerido pelo governo. Uma contraproposta já foi elaborada.

Em negociação com líderes sindicais, a Prefeitura havia acenado com a prioridade do pagamento do mês de setembro aos servidores que não o receberam. Este pagamento deveria ser feito assim que o levantamento dos salários atrasados fosse concluído. Ainda de acordo com a proposta inicial, os salários de dezembro do ano passado deveriam ser quitados até 25 de janeiro. Já o salário de janeiro deveria ser pago até o dia 20 de fevereiro.

O governo e os sindicatos, desta forma, negociariam um calendário de pagamento para o restante dos atrasados e a continuidade do ano de 2017.

No entanto, os servidores exigem uma previsão para quitação de todos os atrasados. O documento (veja abaixo) será entregue ao prefeito Marquinho Mendes (PMDB) nesta terça (10).  A contraproposta prevê ainda a criação de um Conselho do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) até fevereiro.

Um possível acordo ainda precisa ser levado à Justiça, que precisa autorizar o governo atual a pagar dívidas da gestão anterior.

*Confira a matéria completa na edição desta terça-feira da Folha dos Lagos