Assine Já
quarta, 23 de setembro de 2020
Região dos Lagos
21ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7942 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1581 102
Armação dos Búzios 477 10
Arraial do Cabo 231 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 649 36
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1165 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
servidores

Sindicalistas e Prefeitura acertam ajuste salarial em 8,13%

Encontro reuniu prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa (PP), e mais três representantes dos servidores 

26 junho 2015 - 12h07
Sindicalistas e Prefeitura acertam ajuste salarial em 8,13%

Representantes dos diversos sindicatos fecharam acordo com a Prefeitura de Cabo Frio com aumento de 8,13% para atualização salarial dos servidores. A primeira proposta feita pelo governo municipal, no mês passado, com reajuste de 5,83%, foi recusada pelos servidores.

Na audiência com o prefeito Alair Corrêa (PP) participaram de quinta (25) Adson da Silva Lopes, presidente em exercício da Associação dos Guardas e Joel Pires Marques, delegado sindical, além de Olney Vianna, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Cabo Frio (Sindicaf).

Em nota, o Movimento Unificado critica acordo selado com o governo municipal e convoca os servidores a participarem de ato em frente a Prefeitura de Cabo Frio, na segunda-feira, dia 29, às 8h. Confira nota na íntegra:

"O Movimento Unificado conseguiu a atenção do prefeito com os atos de rua. No primeiro encontro com o chefe do Executivo foi oferecido 2% de reajuste salarial. Após várias discussões, o Movimento recebeu a proposta de 5,83%. Na última assembleia dos servidores municipais de Cabo Frio foi aprovado o índice de 10,2%. O Movimento entende que qualquer proposta deve ser discutida com todos os líderes sindicais por se tratar de um Movimento Unificado. Sendo assim, chamamos os servidores para o ato de segunda-feira, dia 29, às 8h, em frente à Prefeitura, onde analisaremos a notícia divulgada nas Mídias Sociais pela assessoria de imprensa do Executivo.

Participe!

O Movimento Unificado tem – além do reajuste salarial – uma pauta de reivindicações que precisa ser discutida com o prefeito, como: enquadramento, vale-transporte, aposentadoria, entre outras

Sepe Lagos, AFM Cabo Frio, SindSaúde, Sindcaf ".