Assine Já
segunda, 28 de setembro de 2020
Região dos Lagos
35ºmax
20ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8330 Óbitos: 430
Confirmados Óbitos
Araruama 1625 102
Armação dos Búzios 491 10
Arraial do Cabo 252 15
Cabo Frio 2757 145
Iguaba Grande 684 36
São Pedro da Aldeia 1341 54
Saquarema 1180 68
Últimas notícias sobre a COVID-19
‘AMICUS CURIAE’

Sindicaf pede cumprimento de liminar que determina pagamento aos aposentados até o quinto dia útil do mês

Sindicato dos servidores também recorreu à Justiça para fazer parte da mesma ação que o Ibascaf

13 agosto 2020 - 21h14Por Rodrigo Branco

O Sindicato dos Servidores Municipais de Cabo Frio (Sindicaf) acionou a Justiça para pedir o cumprimento da decisão liminar da 2ª Vara Cível da cidade que obriga o pagamento prioritário aos aposentados, pensionistas e servidores de auxílio-doença, até o quinto dia útil do mês. Apesar da ordem judicial, a determinação foi descumprida pelo Instituto de Benefícios e Assistência aos Servidores de Cabo Frio (Ibascaf), que anunciou o pagamento escalonado em três datas, a primeira nesta quarta-feira (12).

Além disso, o Sindicaf pediu para fazer parte da ação contra o município que gerou a liminar, curiosamente, de autoria do próprio Ibascaf. Contudo, após entrar em comum acordo com a  Prefeitura, que alegou dificuldades financeiras, o instituto municipal de Previdência Social desistiu da ação.

O sindicato pleiteia influenciar na condição de ‘amicus curiae’, expressão em latim que, no mundo jurídico, significa ‘amigo do tribunal’, ou aquele que pretende contribuir para causa com fatos e fundamentos. No caso da ação do Ibascaf, o intuito é ter voz ativa no processo.

– Se a juíza admitir a nossa entrada, a gente passa a ser coautor do processo junto com o Ibascaa. E dessa forma, a gente tem voz ativa dentro do processo para questionar qualquer medida que a gente considere absurda e inapropriada. A intenção é combater esse acordo que  eles fizeram, que a gente considera lamentável e inapropriado nesse momento. O Ibascaf tinha que judicialmente tentar fazer com  que o município cumprisse com as suas obrigações – disse o diretor de Comunicação do Sindicaf, Olney Vianna.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.