Assine Já
terça, 14 de julho de 2020
Região dos Lagos
23ºmax
15ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 310 Confirmados: 3455 Óbitos: 200
Suspeitos: 310 Confirmados: 3455 Óbitos: 200
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 279 8
Arraial do Cabo 9 88 11
Cabo Frio X 1037 64
Iguaba Grande 14 257 20
São Pedro da Aldeia 4 537 20
Saquarema 9 599 35
Últimas notícias sobre a COVID-19
simulado

Simulado de prevenção marca Dia Estadual de Redução de Riscos de Desastres 

Em Cabo Frio, cinco prédios foram utilizados para realizar o treinamento

28 novembro 2014 - 16h14Por Rosana Rodrigues
Simulado de prevenção marca Dia Estadual de Redução de Riscos de Desastres 

Um simulado de desocupação em cinco prédios de Cabo Frio marcou nesta sexta-feira (29) o Dia Estadual de Redução de Riscos de Desastres, comemorado pelo terceiro ano consecutivo no estado. Coordenada pela Secretaria de Estado de Defesa Civil, o objetivo do treinamento coletivo, que mobilizou bombeiros do 18º Grupamento de Bombeiro Militar (Cabo Frio), é conscientizar a população sobre a necessidade de criar uma cultura de prevenção a desastres, familiarizando as pessoas com os perigos do cotidiano e orientando sobre como agir em caso de acidentes. Em Cabo Frio, cinco prédios de diferentes públicos e com grande circulação de pessoas foram utilizados para realizar a simulação de evacuação: Apart Hotel Manday, Secretaria de Educação, Colégio Alexis Novellino, Universidade Veiga de Almeida (UVA) e Cervejaria Itaipava.

O comandante do 18º BPM, tenente-coronel Leonardo Couri, que esteve presente em todos os simulados, explicou a importância de a população e o público em geral, conhecer, por exemplo, como funciona o dispositivo de emergência e saber o local onde fica instalado o detector.  

- O exercício é executado como se fosse um evento real. É fundamental conhecer os locais de escape. Aqui na Secretaria Municipal de Educação existem quatro pavimentos e para cada um há um líder treinado para a liberação e o escape de cada pavimento. A proposta é manter a disciplina consciente da prevenção em cada área, pois o que mata é o pânico, que gera o acidente. A maior aliada nesta hora é manter a calma e seguir o que os bombeiros dizem   – observou o comandante.

Durante a simulação, foram checadas ainda, junto ao público, as escadas de emergência, além de verificar os extintores, os mapas de fuga, a iluminação e a sinalização de emergência dos.

No trânsito da cidade também houve o trabalho de conscientização. No semáforo do cruzamento das Avenidas Central e Joaquim Nogueira, entre os bairros Praia do Siqueira e São Cristóvão, os bombeiros distribuíram panfletos aos motoristas para lembrar a importância de reduzir os riscos de acidentes. No informativo, entre as orientações listadas, estava o alerta para os condutores não consumir bebida alcoólica, já que 70% dos casos de acidentes com mortes são provocados pela ingestão do álcool mesmo sem o condutor aparentar embriaguez.