Assine Já
terça, 14 de julho de 2020
Região dos Lagos
23ºmax
15ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 310 Confirmados: 3455 Óbitos: 200
Suspeitos: 310 Confirmados: 3455 Óbitos: 200
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 279 8
Arraial do Cabo 9 88 11
Cabo Frio X 1037 64
Iguaba Grande 14 257 20
São Pedro da Aldeia 4 537 20
Saquarema 9 599 35
Últimas notícias sobre a COVID-19
Educação

Servidores lamentam falta de salários e a ceia vazia

Profissionais da Educação e Saúde contam como será noite natalina

23 dezembro 2015 - 10h03Por Nicia Carvalho

Faltando pouco menos de 24 horas para uma das datas mais festejadas do ano – a véspera do Natal –, servidores da Educação e da Saúde contam como será a ceia, que normal­mente em todo o mundo costuma reunir familiares e amigos. Os profissionais – alguns com salários atra­sados e outros que terão o décimo parcelado tanto no estado quanto no municí­pio – lamentam e criticam as constantes incertezas no pagamento dos servidores.

Desde meados de agos­to, a Prefeitura de Cabo Frio enfrenta diversas manifestações, algumas com direito a confusão, quebra-quebra, spray de pimenta, lixo no hall de entrada da prefeitura e pelas principais ruas do município, registro de ocorrência na delegacia da cidade, além de agres­são verbal. Confira abai­xo alguns dos depoimen­tos de trabalhadores da prefeitura.

Andrea Jandira, 37, técnica de enfermagem concursada.

“No Natal, infelizmen­te, minhas crianças ficarão sem presente. Sem receber o 13° como vou comprar presente? Não é supérfluo. São coisas que a gente precisa, faz parte”.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta quarta-feira (23)