sexta, 01 de março de 2024
sexta, 01 de março de 2024
Cabo Frio
26°C
Park Lagos mobile
Geral

Semana Santa traz boas perspectivas em Cabo Frio

Comércio espera aumento de 30% nas vendas e hotelaria, ocupação quase total de leitos

05 abril 2019 - 09h06
Semana Santa traz boas perspectivas em Cabo Frio

RODRIGO BRANCO

O empresariado cabofriense esfrega as mãos com a proximidade da Semana Santa, daqui a 14 dias. Para este ano, as perspectivas de representantes de setores econômicos da cidade com o movimento de turistas são as melhores possíveis. No setor de hotelaria, a estimativa é de 95% das vagas ocupadas. O presidente da Associação de Hotéis, Gastronomia, Comércio e Turismo de Cabo Frio, Carlos Cunha aposta as fichas na espécie de ‘folga prolongada’ de quase uma semana, por causa da proximidade da data cristã com o dia 23, dedicado à São Jorge, que é feriado estadual.

– A Semana Santa é um dos melhores feriados da baixa temporada e aí a gente espera manter a taxa de ocupação dos últimos anos, que foi de 95%. E são dois feriados na sequência, porque o dia 23 está bem próximo da Semana Santa. Então a gente espera que tenha um bom movimento de quinta a domingo e, depois, haja a troca de uma leva de hóspedes por outra, mesmo com movimento menor, de 80% de 90%, até a terça-feira – vislumbra o empresário.

Recém-empossada no cargo de presidente da Associação Comercial e Industrial de Cabo Frio (Acia), Patrícia Cardinot não economiza no otimismo com relação à expectativa no aumento das vendas no varejo que, para ela, deve ficar na casa dos 30%. Curiosamente, no ramo de atividade em que atua, o imobiliário, a empresária afirma que a procura para locação de temporada ainda está tímida.

– Acho que a cidade tem tudo para o comércio ser beneficiado. Pelo que sei, em abril, a prefeitura e a Secretaria de Turismo irão realizar vários eventos e isso, com certeza, fortalecerá e vai gerar a vinda de turistas gerando fluxo nos comércios locais e na rede hoteleira. É o que esperamos – disse Patrícia.

Para Maria Inés Oliveros, do Convention & Visitors Bureau, o ‘veranico’ de outono, com altas temperaturas em uma época em que elas já deveriam estar mais amenas, pode contribuir com um movimento maior de turistas. Ela também acredita que a cidade vai colher os frutos da divulgação em feiras fora do Estado do Rio.

– A princípio, a gente tem uma expectativa boa, até porque nesse ano, a gente não tem muitos feriados. Semana Santa é um feriado familiar. Além de vir muitos cariocas e mineiros, agora a gente está recebendo muitos paulistas, com esse trabalho de divulgação. A expectativa é que tenha uma boa ocupação (na hotelaria). E com esse ‘verãozinho’ continuando, com muito calor e a água morninha, também vai atrair bastante gente – aposta Maria Inés. 

Outros municípios mais devagar – Nos municípios vizinhos a Cabo Frio, Arraial do Cabo e Búzios, o sentimento é mais comedido e cauteloso em relação ao movimento da Semana Santa. Pelo menos, por enquanto. Segundo a Prefeitura de Arraial, no momento, a ocupação da rede hoteleira está em torno de 70%, mas as reservas continuam com alta procura. 

Em Búzios, ainda não há um número fechado sobre o percentual de leitos ocupados, segundo o presidente da Associação de Hotéis da cidade, Hector Sireira. Segundo eles, em alguns estabelecimentos, quase todos os pacotes para o período foram fechados ao passo que em outros, espera-se o movimento de última hora.

– A Semana Santa é um feriado que atrai muito o mercado nacional. Muitas pessoas deixam para a última hora as reservas. Há hotéis que só trabalham com um mix de turistas do exterior, e esses já estão com as vagas quase todas preenchidas, e aí só restaria a parte do mercado nacional – avalia.
Shows em Búzios e Festival da Lula de Arraial são apostas para atrair público – Boa gastronomia típica e grandes atrações musicais é a receita em que apostam Arraial do Cabo e Búzios para atrair o maior número de visitantes possível durante o feriadão da Semana Santa. No município cabista, como em outros anos, a atração principal é o mais que tradicional Festival da Lula, que este ano estreia um novo formato, descentralizado em cinco pontos, sendo o principal na Praia dos Anjos.

De acordo com a prefeitura, são esperadas 150 mil pessoas durante o festival. O evento vai acontecer em grande escala, em média 30 mil pessoas na Praia dos Anjos, e 5 mil em cada ponto: Praia Grande, Prainha, Praça de Monte Alto e Praça de Figueira. O cardápio inclui ainda shows de medalhões da música brasileira no palco principal: George Israel (dia 18); Toni Garrido (19); Alceu Valença (20) e Banda Celebrare (21).

– Durante todo o feriado da Semana Santa, o Festival Gastronômico da Lula trará shows em todas as localidades. Serão 4 shows na Praia Grande, 4 na Praça de Monte Alto, 4 na Praça de Figueira e 4 na Prainha. E na Praia dos Anjos, temos 6 shows, além apresentação de DJs no palco principal. Vão ter barracas nos locais e os principais restaurantes da cidade também vão participar. A média dos pratos de degustação custam 15 reais e o prato principal o preço é livre. Todos os restaurantes da cidade podem participar, incluindo quiosques – comenta o Secretário de Turismo e Eventos, Olavo Carvalho.

No balneário, não haverá festival de gastronomia, mas a boa música também está garantida, com o evento Búzios Sunset, que acontecerá no canto esquerdo da Praia de Geribá. No palco, se apresentarão Jota Quest (dia 18), Blitz (19) e Toni Garrido (20).