Assine Já
quarta, 01 de dezembro de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53693 Óbitos: 2188
Confirmados Óbitos
Araruama 12500 448
Armação dos Búzios 6584 73
Arraial do Cabo 1754 93
Cabo Frio 15591 902
Iguaba Grande 5572 147
São Pedro da Aldeia 7051 290
Saquarema 4641 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
CABO FRIO

Sem pagar servidores, Prefeitura divulgará calendário só na semana que vem

Educação alega queda de 19% no Fundeb para justificar atraso no salário de concursados

05 junho 2020 - 18h13Por Rodrigo Branco

A maior parte dos servidores da Prefeitura de Cabo Frio não viu cair um centavo em suas contas nesta sexta-feira (5), quinto dia útil do mês e prazo legal para o pagamento da folha salarial de maio. Além disso, a Prefeitura não divulgou o calendário do pagamento fracionado aos servidores, diferentemente do que foi feito nos últimos meses. Segundo a Folha apurou, as datas deverão ser divulgadas na próxima semana.

Até o fechamento desta reportagem, apenas os servidores efetivos da Companhia de Serviços de Cabo Frio (Comsercaf) haviam recebido nesta sexta, fato confirmado pela autarquia. Já os funcionários contratados têm o pagamento previsto para o próximo dia 16; enquanto os comissionados devem receber até o dia 23. As datas poderão ser antecipadas, dependendo da arrecadação do município.

Por sua vez, o pagamento dos servidores concursados da Educação deverá ser feito na semana que vem, de acordo com a Prefeitura. A alegação da Secretaria de Educação para ao atraso nos salários é a diminuição de 19% no repasse de maio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), comparado a abril. Segundo o governo, a expectativa era receber R$ 9 milhões, dos quais entraram, de fato, R$ 7,2 milhões.

Após a dispensa de cerca de 3 mil servidores contratados, a folha de pagamento da Educação está em R$ 10,6 milhões. Para a coordenadora-geral do Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe Lagos), Cíntia Machado, o fato não justifica o atraso no pagamento aos professores. Em levantamento feito pela categoria, neste ano, o município já recebeu R$ 51,3 milhões do repasse federal, valor que é R$ 1,2 milhão maior do que o recebido no mesmo período que o ano passado.

– Comparando o Fundeb de 2020 com o de 2019, a queda não é relevante e o número de funcionários da educação está reduzido. Outra preocupação enorme do Sepe são os aposentados e pensionistas, que tiveram o pagamento de abril escalonado porque o Ibascaf não recebe recursos suficientes para pagamentos, pois houve má administração ao longo do tempo, o que faz com que o instituto não se sustente com as próprias pernas. Os aposentados tem prioridade legal de pagamento e já deveriam ter recebido – comentou.

O Ibascaf terminou de pagar o salário de abril de aposentados e pensionistas somente na última quarta-feira (3). A autarquia responsável pela Previdência aguarda o repasse da Secretaria de Fazenda para começar o pagamento do mês de maio.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.