Assine Já
sexta, 10 de julho de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
17ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 320 Confirmados: 3310 Óbitos: 194
Suspeitos: 320 Confirmados: 3310 Óbitos: 194
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 266 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 1016 62
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 1 528 19
Saquarema 23 541 33
Últimas notícias sobre a COVID-19
Hospital do Jardim

Sem alarde, Hospital do Jardim é reaberto

Secretaria de Saúde garante que atendimento está normal mesmo com greve

18 junho 2016 - 11h00Por Rodrigo Branco
Sem alarde, Hospital do Jardim é reaberto

Unidade no Jardim Esperança estava fechada desde o dia 22 de abril, quando sofreu depredação (Marcelo Velloso)

Sem pompa ou qualquer tipo de reinauguração oficial, foi reaberto na manhã desta sexta (17) o Hospital Otime Cardoso dos Santos, no Jardim Esperança. A unidade estava fechada desde o último dia 22 de abril, quando foi depredada por pessoas suspeitas de ligação com o tráfico de drogas naquela região. Por conta dos danos, a unidade teve que ser reformada e adaptada. O valor das obras não foi divulgado.

A primeira previsão de reabertura estava marcada para o começo do mês, mas por conta da greve dos funcionários da Saúde, a secretaria preferiu aguardar mais algumas semanas. A paralisação continua, mas segundo a assessoria da pasta, a equipe médica está completa. A enfermagem, contudo, funciona com apenas com 30% dos funcionários. O ambulatório, a área de exames e o laboratório também estão funcionando, mas a ala de internação será reaberta aos poucos. No primeiro dia de funcionamento, o movimento foi considerado ‘normal’.

Para aumentar a segurança de funcionários e pacientes, portas e janelas ganharam grades. A partir de agora, o policiamento é 24 horas por dia, conforme já tinha garantido à Folha o comandante do 25º BPM, tenente-coronel André Henrique Oliveira.

– Estamos terminando de fazer uma entrada para o posto da Polícia Militar por dentro do hospital. O estacionamento da PM será no interior do hospital, então as viaturas estarão o tempo todo circulando aqui. Com essa entrada do DPO direto para o hospital, qualquer problema que acontecer aqui, os policiais vão conseguir ouvir – explicou a diretora geral da unidade, Tânia Felizberto.

Consideradas áreas vulneráveis, as duas recepções também receberam grade. Na emergência, os consultórios foram separados por divisórias. Sistema de triagem para a classificação de risco dos pacientes também começou a ser implantado.

Leia também:

Guerra entre facções no Jardim Esperança deixa dois mortos e hospital é depredado

Hospital do Jardim Esperança reabre em 20 dias