Assine Já
quarta, 04 de agosto de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
14ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46659 Óbitos: 1894
Confirmados Óbitos
Araruama 11510 362
Armação dos Búzios 5522 58
Arraial do Cabo 1591 88
Cabo Frio 12723 768
Iguaba Grande 4824 117
São Pedro da Aldeia 6240 275
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
Geral

Segurança: presidente da Acia pede reforço a Witzel

10 outubro 2019 - 21h46
Segurança: presidente da Acia pede reforço a Witzel

A presidente da Associação Comercial, Industrial e Turística de Cabo Frio (Acia), Patricia Cardinot, solicitou ao governador Wilson Witzel reforços para a segurança no município. A presidente da Acia entregou ofício a Roberto Motta, assessor especial do governador, que requer o aumento do efetivo em cem homens para o batalhão, além de quatro quadriciclos, veículos para a 126ª DP e 10 carros para a Guarda Municipal. 
Segundo Patrcia, a solicitação se faz necessária devido ao aumento da violência  nos últimos meses.

Primeiro semestre teve 1.515 roubos na região

A Região dos Lagos fechou o primeiro semestre com 1.515 roubos, contando todas as modalidades do crime, de acordo com o Instituto de Segurança Pública (ISP), que acaba de fechar o relatório com os dados referentes a junho. O número é o maior em cinco anos e representa um aumento de 67% no período. Apenas no sexto mês do ano, foram registrados 262 assaltos nas delegacias dos sete municípios que compõem a 25ª Aisp (Área Integrada de Segurança Pública). O índice é um dos desafios a serem combatidos pelo novo comandante do 25º Batalhão da Polícia Militar (25º BPM), coronel Rodrigo Ibiapina, que assume o cargo hoje à tarde. 

Nos seis primeiros meses deste ano, houve aumento no número de casos de praticamente todos os principais tipos de roubo, mas os crimes praticados contra pedestres e as ocorrências envolvendo celulares foram os destaques negativos, conforme aponta o levantamento mensal feito pelo ISP. No primeiro caso, foram 723 registros de roubo a pedestres entre janeiro e junho deste ano contra 600 no mesmo período de 2018, o que significa um aumento de 20,5% de um ano para o outro. Em 2015, esse número era de 387. 

Já com relação aos roubos de celulares, o estudo aponta que, no primeiro semestre de 2019, 257 aparelhos foram levados por ladrões contra 158, entre janeiro e junho de 2018. Um acréscimo de 62,6% em doze meses. Também houve registros de roubos de veículos (192); a estabelecimentos comerciais (71); em residências (40); em ônibus (28) e de carga (23). Apenas em junho, foram totalizados 117 roubos a pedestres e 57 de celulares, além de 28 de veículos; 15 a estabelecimentos comerciais; oito em ônibus e residências e dois de carga.

 

 

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.