Assine Já
quinta, 21 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21341 Óbitos: 711
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 1666 101
Últimas notícias sobre a COVID-19
mortandade

Secretário diz que associar peixes mortos no Peró a desastre de Mariana é ‘peruada’

Jaílton Nogueira afirma que não há indícios de contaminação no local

07 abril 2016 - 10h47
Secretário diz que associar peixes mortos no Peró a desastre de Mariana é ‘peruada’

O secretário municipal de Meio Ambiente de Cabo Frio, Jaílton Nogueira Júnior, classificou como ‘peruada’ a tese de ambientalistas que ligam a recente mortandade de peixes no Peró com o rompimento da barragem da empresa Samarco, em Mariana, Minas Gerais, em novembro do ano passado. A possibilidade de associação entre os dois casos foi publicada pelo jornal ‘Extra’ e repercutida pela Folha, na edição da última terça (5). Para Jaílton, é preciso ter responsabilidade com as informações divulgadas.

– Fazendo uma analogia com o nome do peixe (peruá), essa foi uma das maiores ‘peruadas’ que eu já vi na minha vida. Temos que ter responsabilidade. O que é isso? Reforçando mais ainda, teria que ser visto porque só essa espécie que morreu. E as outras tantas que existem na região? Sendo assim teria que ter uma análise química e biológica desses peixes para saber se teve alguma contaminação – argumentou o secretário.

(*) Leia a matéria completa na edição impressa da Folha dos Lagos desta sexta-feira.