Assine Já
sábado, 17 de abril de 2021
Região dos Lagos
28ºmax
19ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 33583 Óbitos: 1249
Confirmados Óbitos
Araruama 8610 270
Armação dos Búzios 4104 54
Arraial do Cabo 1165 61
Cabo Frio 8993 441
Iguaba Grande 3308 82
São Pedro da Aldeia 4591 188
Saquarema 2812 153
Últimas notícias sobre a COVID-19
Delegacia

Secretário de Comunicação de Cabo Frio nega agressão a coletores

Confusão na sede da Divisão de Serviços Urbanos vai parar na delegacia

23 dezembro 2015 - 09h48Por Rodrigo Branco

Procurada pela Folha para falar dos incidentes da manhã de ontem envolvendo o prefeito Alair Corrêa e os coletores da Comsercaf, a prefeitura de Cabo Frio se pronunciou por meio do secretário de Comunicação, Éd­son Ferreira, o Edinho Ferrô.

Questionado sobre o episó­dio e também a respeito do ví­deo com o registro da confusão que circula na internet, Edinho foi enfático ao garantir que não houve qualquer agressão do pre­feito aos servidores. Ele confir­mou que a visita de Alair não foi agendada, mas que ele teve o objetivo de negociar, e não o de pressionar a categoria.

– Não houve qualquer tipo de agressão moral ou verbal. E mui­to menos física, o que me parece óbvio por se tratar de um senhor de 73 anos. O prefeito foi ao en­contro deles para negociar, o que já fez em outros três momentos diferentes – disse o secretário.

Edinho foi além e, apesar de reconhecer a legitimidade do movimento, disse que a motiva­ção das lideranças é ‘partidária’.

– A questão que vem acon­tecendo e que dificulta o enten­dimento é que os trabalhadores lutam de forma legítima pelos direitos deles, mas capitaneados por sindicalistas hostis ao gover­no – argumenta Edinho Ferrô.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta quarta-feira (23)