Assine Já
quarta, 08 de julho de 2020
Região dos Lagos
29ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
TEMPO REAL Suspeitos: 307 Confirmados: 3144 Óbitos: 189
Suspeitos: 307 Confirmados: 3144 Óbitos: 189
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 261 601 41
Armação dos Búzios X 265 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 959 61
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 17 500 18
Saquarema 7 518 31
Últimas notícias sobre a COVID-19
secretaria de educação

Secretaria de Educação de Cabo Frio nega ordem de despejo do Nathália Caldonazi

Em nota, Assessoria de Imprensa informa que Educação já tinha intenção de transferir o Centro de Estudos

01 dezembro 2015 - 12h22

A secretaria de Educação de Cabo Frio informou, por meio de nota da Assessoria de Imprensa, que não recebeu ordem de despejo no prédio do Centro de Estudos Nathália Caldonazi, no Portinho, conforme noticiou a Folha dos Lagos desta terça-feira. Segundo a nota, a secretaria de Educação já tinha a intenção de "realocar" o Centro e, como o dono do imóvel solicitou o mesmo, estão avaliando a possibilidade de mudança para o próximo ano letivo. Abaixo, segue a nota na íntegra:

"

 

Comunicado – Secretaria de Educação

Cabo Frio, 01 de dezembro de 2015.

 

A Secretaria Municipal de Educação (SEME) informa que não recebeu qualquer ordem de despejo, como noticiado nesse veículo de comunicação hoje, dia 1º de dezembro. O que existe é uma solicitação de entrega do imóvel pelo proprietário do prédio, visto que o contrato encerra em dezembro. Como já era de interesse desta secretaria alocar o Centro de Estudos de Educação Natália Caldonazzi em sede própria da Prefeitura, estamos avaliando a possibilidade de mudança para o início do próximo ano letivo, atendendo assim a solicitação do referido proprietário.

Já em relação ao prédio onde hoje está alocada a sede da Secretaria Municipal de Educação de Cabo Frio, também não existe qualquer ordem de despejo, muito menos solicitação de entrega do prédio.

Vale ressaltar que “ordem de despejo” é um meio processual em que o juiz profere através de uma ordem judicial, o que não recebemos.  

Atenciosamente,

ASCOM SEME 

Anneliese Lobo".