Assine Já
segunda, 21 de setembro de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
sebastião lan

Secretaria de Agricultura pode assumir Mercado Municipal

Objetivo do governo é garantir qualidade dos produtos vendidos no local

27 junho 2017 - 10h18Por Rodrigo Branco
Secretaria de Agricultura pode assumir Mercado Municipal

A gestão do Mercado Municipal Sebastião Lan pode mudar de mãos em breve. Segundo a Prefeitura de Cabo Frio, está em pauta a mudança da administração do espaço para a Secretaria Municipal de Agricultura. O objetivo do governo seria ‘garantir a segurança técnica e a qualidade dos produtos vendidos no local’. A possibilidade é ventilada em meio à polêmica sobre o uso dos recursos arrecadados, conforme publicado na edição da Folha do último dia 8.
Mas enquanto a troca de comando não acontece, a forma de cobrança dos feirantes é outro assunto em discussão. O vereador Rafael Peçanha (PDT), que acompanha o caso de perto, defende o modelo de recolhimento por meio do Documento de Arrecadação Municipal (DAM). No entanto, para que isso ocorra, ele cobra a criação de um fundo específico para a feira e os trabalhadores rurais. Neste caso, o prefeito Marquinho Mendes tem que criar uma lei específica.
– Se fizer DAM agora, vai para o bolo de arrecadação geral da prefeitura.  Aí não adianta, porque não tem garantia de que o valor volte para o trabalhador.  Tem que criar o fundo e vincular antes – explica o vereador.
Em nota, a prefeitura informou que o prefeito e o secretário de Agricultura, Gustavo Gonçalves, estão estudando junto à administração do Mercado Sebastião Lan a melhor forma de direcionar o valor semanalmente arrecadado dos feirantes pelo uso do espaço público. O texto diz ainda que as verbas arrecadadas no mercado serão diretamente usadas para melhorias do espaço e incentivo na Zona Rural da cidade.

* Matéria completa na edição desta terça-feira (27) da Folha dos Lagos.