Assine Já
sexta, 30 de outubro de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
20ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 9642 Óbitos: 492
Confirmados Óbitos
Araruama 1964 112
Armação dos Búzios 597 10
Arraial do Cabo 310 16
Cabo Frio 3128 168
Iguaba Grande 864 38
São Pedro da Aldeia 1494 72
Saquarema 1285 76
Últimas notícias sobre a COVID-19
tabagismo

Saúde de Cabo Frio realiza campanha para lembrar o Dia Nacional de Combate ao Fumo

Ações educativas serão desenvolvidas no PAM de São Cristóvão, nesta segunda (31)

29 agosto 2015 - 15h20

Para celebrar o Dia Nacional de Combate ao Fumo, na próxima segunda, serão realizadas no PAM de São Cristóvão diversas ações educativas alusivas à data. O objetivo é reforçar as ações nacionais de sensibilização e mobilização da população brasileira para os danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco.

Em Cabo Frio, o Programa Municipal de Controle do Tabagismo funciona no PAM, onde é feito o atendimento às pessoas que desejam parar de fumar. O programa combate o tabagismo por meio de ações que estimulem a adoção de comportamentos e estilos de vida saudáveis e que contribuam para a redução da incidência e da mortalidade por câncer e doenças tabaco-relacionadas no país.

Entre as atividades do programa incluem-se ações de educativas que objetivam manter um fluxo de informações contínuas sobre tabagismo. Os eventos e campanhas das datas institucionais, como é a campanha de 29 de agosto integram esse contexto e objetivam dar visibilidade à prevenção e ao controle do tabagismo.

A campanha deste ano, que dá continuidade à estratégia iniciada no dia 31 de maio – Dia Mundial sem Tabaco –, aborda impacto socioambiental da indústria, com destaque (conceito e imagem central) para as questões que afetam o meio ambiente.

É uma campanha de massa, com foco no público jovem e adulto (aproximadamente de 16 a 50 anos), de ambos os sexos, incluindo fumantes ou não. A opção por focar o público jovem parte da estratégia para prevenir a iniciação e a experimentação (que ocorre principalmente na faixa etária de adolescentes e jovens, aproximadamente entre 13 e 25 anos).

– O tabaco é responsável por cerca de 90% das mortes por câncer de pulmão e o comércio ilícito deste produto existe em diversos países do mundo, dificultando ainda mais as ações do governo em busca da orientação sobre os riscos desta substância para a saúde pública – diz a psicóloga Renata Moura, uma das responsáveis pelo Programa Municipal de Controle do Tabagismo.

Os interessados em abandonar o cigarro podem se cadastrar de graça no ambulatório do programa que funciona no PAM. São necessários cópia do cartão Sistema Único de Saúde (SUS), carteira de identidade e CPF, além de comprovante de residência.

– Mais de 1,8 mil pessoas já passaram pelo programa nos últimos anos, e dependendo de como o paciente se comporta, em três meses é possível abandonar o vício – alerta Renata.

A última pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde, indica que 14,8% dos brasileiros com mais de 18 anos fumam.

O tabagismo é um dos principais fatores de risco para a incidência de infartos, acidentes vasculares cerebrais (AVCs) e vários tipos de câncer. Segundo cálculos do Ministério da Saúde, cerca de 200 mil brasileiros morrem a cada ano devido aos males relacionados ao fumo.