Assine Já
segunda, 25 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
30ºmax
21ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21896 Óbitos: 720
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 2221 110
Últimas notícias sobre a COVID-19
febre amarela

Saúde confirma primeira morte por febre amarela no Estado

Pedreiro Watila Santos tinha 38 anos e morreu no fim de semana em Casimiro de Abreu

15 março 2017 - 14h07Por Redação
Saúde confirma primeira morte por febre amarela no Estado

Foi confirmada nesta quarta-feira (15) a primeira morte por febre amarela no Estado do Rio. A Secretaria Estadual de Saúde divulgou laudo que atesta que o pedreiro Watila Santos, que morreu no último fim de semana, no Hospital Municipal de Casimiro de Abreu, estava com a doença.  Ao mesmo tempo, outro caso na mesma cidade também foi confirmado. Em todo o Estado, já são 36 os casos suspeitos.

Watila tinha 38 anos e foi levado para o hospital com sintomas da doença, como febre, dor de cabeça, taquicardia, falta de ar e dores no corpo. Ele tinha procurado ajuda médica outras duas vezes, mas foi mandado para casa.Watila e o outro homem infectado, cuja identidade não foi revelada, não viajaram para lugares com surto da doença: Minas Gerais e Espírito Santo. 

A vítima morava num terreno no bairro Córrego da Luz, na zona rural do município que registra uma grande incidência de mosquitos. A Prefeitura garante que foi feita aplicação de larvicida no local no começo da semana para eliminar possíveis focos do mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue, chincungunha, zika e febre amarela.