Assine Já
quarta, 30 de setembro de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8382 Óbitos: 435
Confirmados Óbitos
Araruama 1653 103
Armação dos Búzios 495 10
Arraial do Cabo 252 15
Cabo Frio 2765 149
Iguaba Grande 684 36
São Pedro da Aldeia 1353 54
Saquarema 1180 68
Últimas notícias sobre a COVID-19
São Pedro fecha portas para Paes

São Pedro fecha portas para Paes

Moradores mostram-se ofendidos com comentários do prefeito do Rio

18 março 2016 - 11h48

Distante do furacão que varre para o desconhecido a política do Brasil, o comerciante Darcio Lima, 60, arruma calmamente as garrafas do seu bar na Rua do Fogo, em São Pedro da Aldeia. Na televisão, notícias sobre as recentes gravações que envolvem o ex-presidente Lula. Numa delas, o petista conversa com Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, que debocha da “alma de pobre” de Lula e faz chacota de cidades como Maricá, Araruama e... São Pedro, fazendo a tormenta do centro do poder chegar à pacata zona rural e a Seu Darcio. Em resposta, o prefeito aldeense, Cláudio Chumbinho, convidou Paes a conhecer o município. Mas, se depender do comerciante, o passeio será solitário.

– Eu não receberia o Paes aqui depois de ele ter humilhado a cidade – protesta Seu Darcio.
Perguntado sobre o que em São Pedro mostraria a Paes se tivesse a chance, o comerciante até ponderou, “a cidade realmente não tem muito para se ver”, mas, para ele, Paes foi deselegante ao se referir ao lugar daquela forma.

– Eu sou nascido e criado em São Pedro, então claro que fico ofendido – comentou.
Na mesma rua, poucos metros mais para perto da estrada, o casal Márcio Matos e Juliana Silva olham feio quando ouvem novamente as declarações do prefeito carioca. Márcio filosofa:

– Meu pai me ensinou isso: ‘sempre que estiver lá em cima, não humilhe quem está la embaixo’. Ele é um político importante, deveria ser exemplo, mas está menosprezando o lugar e as pessoas – lamentou.

Depois, foi mais incisivo para condenar a atitude de Paes:

– Por que ele tenta nos humilhar? A única diferença é que ele é rico e nós somos pobres...

Juliana, sentada ao lado dele, concorda com tudo.
– E o pior é que somos nós, os pobres, que botamos eles lá – diz ela, resignada.

No bairro vizinho, a Fleixeira, a costureira Cristiane Barbosa e seus três filhos também já estão sabendo das declarações.
– É claro que eu fiquei ofendida, acho que todo mundo ficou.

A reportagem pergunta o que mostraria para o prefeito carioca em São Pedro da Aldeia:
– O que eu mostraria? Eu nem receberia este homem aqui.

Miguel Jeovani, prefeito de Araruama – cidade que também foi alvo de chacota de Paes –, se pronunciou na manhã de ontem: “Acredito que ele não conheça Araruama. É linda e tem um povo muito acolhedor.”. Já o aldeense Cláudio Chumbinho foi generoso com o companheiro de partido: “Registro, desde já, o convite para que o mesmo venha conhecer as belezas e maravilhas da querida São Pedro.”.

Se aceitar o convite, no entanto, Paes encontrará para si um ambiente para lá de hostil 

– O que ele falou foi um absurdo. Eu moro entre o Rio e São Pedro e venho para cá em busca da tranquilidade que a cidade dele não tem. Aquela figura do rapazinho bonzinho é só fachada de político – reclamou o aposentado Geraldo Luz, que se diz satisfeito em passar gostosas tardes na Praça da Matriz e tomar sorvete nas redondezas.

Quando perguntado se aceitaria a companhia de Paes para um sorvete por ali, o aposentado sorri e balança a cabeça: ‘não’.

Na Praia do Sudoeste, a cabeleireira Claudenize Falcão não é tão paciente com o prefeito carioca como Seu Geraldo foi.
– Ele é um boçal. Deveria estar desassoreando os rios da cidade dele em vez de estar falando de uma cidade maravilhosa e calma como essa aqui – dispara ela, que é moradora de Cabo Frio mas abre mão da Praia do Forte para aproveitar a tarde no balneário de São Pedro.

– Sobre o convite que o prefeito daqui fez, eu não faria, porque quem muito se abaixa mostra a bunda. Deixa o Paes lá. Ele precisa sair do mundinho dele e cair na realidade – completou.

A ligação para o ex-presidente Lula saiu cara, afinal.