Assine Já
sábado, 31 de julho de 2021
Região dos Lagos
18ºmax
12ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46181 Óbitos: 1868
Confirmados Óbitos
Araruama 11325 353
Armação dos Búzios 5463 57
Arraial do Cabo 1574 87
Cabo Frio 12663 757
Iguaba Grande 4763 115
São Pedro da Aldeia 6144 273
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
NESTA QUINTA-FEIRA

Reunião no MP pode definir reabertura gradual do comércio em Cabo Frio a partir do dia 5

Comerciantes anunciam que se não houver acordo, vão recorrer ao STF para protestar

26 maio 2020 - 18h17Por Rodrigo Branco

Uma reunião no Ministério Público marcada para esta quinta-feira (28), com a presença de empresários e do prefeito de Cabo Frio, Adriano Moreno (DEM), pode definir o início de uma reabertura gradual do comércio a partir da sexta-feira da próxima semana, dia 5 de junho. Na reunião com a Promotoria de Justiça, deverão ser mostrados estudos técnicos para apontar uma possível viabilidade na flexibilização da atividade comercial.

Em reunião de quatro horas e meia, realizada na noite desta segunda-feira (25), os empresários conseguiram do prefeito a liberação das atividades comerciais por ‘take away’ (busca do produto no local) e ‘drive thru’ (compra sem sair do carro). A mudança no decreto, juntamente com a recomendação do MP para    que não haja eventos com aglomerações, levaram os empresários a cancelar o protesto que estava marcado para a manhã desta terça-feira (26).

Os comerciantes aguardam o aval do MP para o reinício das atividades na semana que vem. Caso isso não aconteça, eles prometem continuar pressionando e já acenam com a marcação de outra manifestação, desta vez com a permissão do Supremo Tribunal Federal (STF), a quem prometem recorrer.   

– Resolvermos não fazer a manifestação amanhã; primeiro irmos ao Ministério Público, com a comissão e com o prefeito para tentar a abertura no dia 5 e, caso isso não seja aprovado, voltar com a manifestação embasada em decisões do STF, a quem já fizemos a nossa solicitação para fazermos a manifestação na próxima semana – disse, em vídeo divulgado nas redes sociais, o empresário Wagner Lucas Oliveros, uma das lideranças do movimento de comerciantes.

Para tentar convencer as autoridades a retomar as atividades, a presidente da Associação Comercial e Industrial de Cabo Frio (Acia), Patrícia Cardinot afirmou que uma das medidas a serem tomadas é a compra de testes rápidos para funcionários dos estabelecimentos.

“Os empresários presentes na reunião (...) se comprometem a fazerem a compra de testes de Covid, para seus funcionários e seguirem as normas estabelecidas e assim a Acia também já havia se comprometido  e reforçou na reunião”, disse a empresária.

Até o fechamento desta reportagem, o município registrava 227 casos confirmados do novo coronavírus, com 20 mortes. Os casos suspeitos totalizam 426 ocorrências, e 151 pacientes se recuperaram ou tiveram alta.

 

 

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.