Assine Já
sexta, 18 de setembro de 2020
Região dos Lagos
30ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7483 Óbitos: 397
Confirmados Óbitos
Araruama 1452 99
Armação dos Búzios 466 10
Arraial do Cabo 201 13
Cabo Frio 2467 130
Iguaba Grande 622 34
São Pedro da Aldeia 1153 50
Saquarema 1122 61
Últimas notícias sobre a COVID-19
Restauração

Restauração da Fonte do Itajuru começa na próxima semana

Além da Fonte, o entorno do Forte São Mateus também passará por obras

18 maio 2017 - 08h05

A Fonte do Itajuru, um dos marcos históricos de Cabo Frio, vai começar a ser restaurada na próxima semana. O espaço, que fica no bairro de mesmo nome, é uma construção de 1847 e, assim como outros patrimônios culturais da cidade, vai receber materiais da iniciativa privada. É o que o secretário de Cultura, Ricardo Chopinho, chama de ‘Amigos da Cultura’.

– Vamos começar a revitali­zar a Fonte do Itajuru na semana que vem desse jeito. Consegui­mos o material e doamos o re­curso humano. A Secretaria de Cultura vai criar o selo “Amigos da Cultura” para agradecer a es­tas pessoas que tem doado mate­rial – informou Chopinho.

O entorno do Forte São Ma­teus, um dos principais cartões-postais da cidade, também pode ser revitalizado em breve. Mas enquanto a obra não chega, é pos­sível perceber que, aos poucos, o aspecto no local vem mudando.

– Este ano, já fizemos duas pinturas, através de parceria pú­blico-privada – comemora Evan­gelus Pagalidis, diretor do Espa­ço Cultural Forte São Matheus.

– Estava tudo vandalizado, abandonado, pixado. Tanto na área interna quanto na externa.

 

 Mas realmente precisamos de uma revitalização maior em todo o entorno – avalia Evangelus.

Atualmente, além de se delei­tar com a vista privilegiada, o vi­sitante que sobe ao Forte conhe­ce a história do local através de fotografias de Wolney Teixeira que retratam o monumento an­tes da restauração de 1957 e de imagens antigas de Cabo Frio, além de miniaturas de embarca­ções produzidas pelo animador cultural Célio Ramos.

Para Evangelus, é possível ampliar bastante este acervo.

– Nosso objetivo é colocar à exposição mapas cartográ­ficos, miniaturas de embarca­ções do século 17 e 18 e ma­nequins com uniformes dos soldados da época.

Evangelus também ressalta que o espaço pode ser mais utili­zado pelas escolas para o ensino sobre o patrimônio da cidade.

- Além de atrair turistas, que­remos consolidar a parceria com as escolas. Nas visitas para estu­dantes, será contada a história do Forte dentro de cenário de proteção à costa brasileira no século 17.

 

Solar dos Massa

O Solar dos Massa, prédio re­cém-restaurado, vai ser vistoria­do na próxima sexta-feira pelo secretário de Cultura e represen­tantes do IMUPAC – Instituto Municipal do Patrimônio Cultu­ral. O espaço vai abrigar a sede da Biblioteca Walter Nogueira, onde irão ficar expostos os livros raros da cidade, o Arquivo Mu­nicipal, além do acervo fotográ­fico de Wolney Teixeira.