Assine Já
segunda, 06 de julho de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
17ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 272 585 40
Armação dos Búzios X 256 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 954 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 465 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
paralisação

Repetindo a dose: Guarda protesta na Ponte Feliciano Sodré

Também com salários atrasados, coveiros fecharam Ponte Deputado Márcio Corrêa

15 dezembro 2016 - 10h08Por Redação | foto: Rodrigo Branco
Repetindo a dose: Guarda protesta na Ponte Feliciano Sodré

O motorista que transita pelas ligações entre o centro de Cabo Frio e a periferia da cidade precisa de uma dose extra de paciência na manhã desta quinta-feira (15). Assim como já tinha feito na tarde desta quarta (14), um grupo de guardas municipais fechou a Ponte Feliciano Sodré para protestar por causa da falta de pagamento dos salários de outubro e novembro. Para quem vinha do Jacaré e Jardim Esperança, também há transtornos, uma vez que os coveiros do Cemitério Santa Isabel interditaram com galhos e cavaletes a Ponte Deputado Márcio Corrêa para protestar contra a Prefeitura também por causa dos atrasos salariais. 

Inicialmente, as manifestações fecharam totalmente as duas vias, mas com a chegada da Polícia Militar e uma rápida negociação, o trânsito foi liberado em meia-pista, o suficiente para criar problemas nas ruas e acessos próximos. Revoltados com a falta de salários de estrutura de trabalho, os guardas municipais também promoveram um 'apitaço' no local.

Por sua vez, os coveiros paralisaram as atividades nos dois cemitérios da cidade (Santa Isabel e Eucaliptos, no Jardim Esperança). Caso o pagamento do mês de novembro não seja depositado até o fim desta quinta (15), a greve continuará neste sexta (16).

(*) Outras informações a qualquer momento ou na edição desta sexta da Folha.