Assine Já
sexta, 26 de fevereiro de 2021
Região dos Lagos
27ºmax
21ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 26253 Óbitos: 906
Confirmados Óbitos
Araruama 6711 182
Armação dos Búzios 3187 32
Arraial do Cabo 844 37
Cabo Frio 7166 347
Iguaba Grande 2484 54
São Pedro da Aldeia 3486 126
Saquarema 2375 128
Últimas notícias sobre a COVID-19
GOV.RJ

Renda emergencial para cultura do Rio já pode ser solicitada por aplicativo

App é o primeiro primeiro desenvolvido pelo Serpro para o Governo do Estado

09 outubro 2020 - 20h59Por Redação

A partir desta sexta-feira (9), o Rio de Janeiro apresenta seu aplicativo estadual de serviços de governo eletrônico, o gov.rj. No momento, o app permite apenas o cadastro para o recebimento do auxílio emergencial da cultura. Novas funcionalidades ainda serão definidas por acordos entre o governo do estado e o Serpro, empresa de soluções de inteligência em TI do Governo Federal, responsável pelo desenvolvimento do aplicativo.
 
“Essa nova tendência de abordagem e prestação de serviços deve ser mandatória para os governos, que enfrentam o desafio de se tornarem digitais. Dado o momento da pandemia mundial, a construção dessa solução foi bastante oportuna e providencial”, salienta o subsecretário da Secretaria de Estado de Desenvolvimento, Energia e Relações Internacionais, Tarcísio Mureb. “O aplicativo é mais uma ferramenta para os profissionais realizarem o cadastro da renda emergencial da Lei Aldir Blanc. Sempre adotamos medidas para que as informações cheguem com velocidade e transparência aos fazedores de cultura do Estado", afirma a secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, Danielle Barros. Mais de 5 mil pessoas já fizeram o cadastro para a renda emergencial. Os pedidos, que deverão ser encaminhados até o dia 19 de outubro, são feitos de forma 100% virtual. 
 
gov.rj

A tecnologia usada na distribuição dos cerca de R$ 104 milhões para o auxílio emergencial utiliza o cruzamento de dados do Estado do Rio com a União, o que auxilia o mapeamento dos profissionais do segmento. As informações são ainda checadas fpela Dataprev e, em caso de aprovação, o repasse do valor do benefício será feito pelo Banco do Brasil ao banco informado pelo beneficiário. "Conseguimos entregar rapidamente uma solução web e mobile em um ambiente seguro e amigável: um verdadeiro desafio de inovação", avalia o superintendente de Novos Negócios do Serpro, Jacimar.
 
O gov.rj já está disponível gratuitamente na Google Store e deve ser liberado para o ambiente iOS na próxima semana. Para utilizar, é necessário ter um endereço com CEP no estado do Rio de Janeiro e um cadastro no gov.br, o portal de serviços do Governo Federal. As dúvidas quanto ao auxílio emergencial podem ser resolvidas, tanto no ambiente web quanto no aplicativo, por um chatbot que utiliza inteligência artificial e aprende a cada nova interação com o usuário. As informações para o cadastramento podem ser conferidas aqui. 
 
Auxílio emergencial

Para se inscrever, é necessário ter renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135). O fazedor de cultura também não pode receber benefício previdenciário ou assistencial (com exceção do Bolsa Família), seguro-desemprego ou estar cadastrado no auxílio emergencial geral. Mães solteiras recebem o dobro do benefício.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.