Assine Já
sexta, 07 de maio de 2021
Região dos Lagos
28ºmax
18ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 37036 Óbitos: 1405
Confirmados Óbitos
Araruama 9482 290
Armação dos Búzios 4582 57
Arraial do Cabo 1313 69
Cabo Frio 9818 517
Iguaba Grande 3712 91
São Pedro da Aldeia 5088 214
Saquarema 3041 167
Últimas notícias sobre a COVID-19
PERIGO DA AGLOMERAÇÃO

Região se prepara para um Carnaval sem folia

Em meio à pandemia, cidades se organizam para tentar manter a ordem no feriado

31 janeiro 2021 - 11h03Por Julian Viana

Com a expectativa da chegada de muitos turistas, mesmo sem festa na rua, por conta da pandemia do Covid-19, municípios da regiãos se preparam para o período de carnaval – entre 13 e 16 de fevereiro. Em Cabo Frio, o regramento e esquema de fiscalização será discutido em reunião do Gabinete de Soluções montado pelo prefeito José Bonifácio (PDT), neste sábado (30). O grupo é composto por representantes do poder público municipal e de entidades de segmentos como comércio e Turismo.

Com o anúncio feito pela Associação de Blocos Carnavalescos de Cabo Frio (Abaccaf) de que não haverá folia de rua este ano, por causa da pandemia, na tendência é que o município formalize o cancelamento da festa oficial. De toda forma, existe a preocupação de que se repitam no Carnaval cenas como as que foram registradas na virada do ano, com grandes aglomerações na orla da Praia do Forte e caixas de som nas alturas. Na ocasião, policiais militares chegaram a usar spray de pimenta para dispersar a multidão.

Estima-se que um decreto com novas normas de prevenção sanitária seja publicado no começo da próxima semana, mas não está descartada a chance de que ele seja editado já no próprio sábado, caso a questão seja realmente debatida nesta reunião. Depois de obrigar os visitantes que chegam em veículos de Turismo a apresentar o laudo negativo para Covid-19, a Prefeitura recuou e manteve a exigência apenas para os turistas que fazem o ‘check in’ nos meios de hospedagem. Porém, a não apresentação do exame não impede a hospedagem. Neste caso, os hotéis e pousadas é quem devem notificar a Secretaria de Saúde. Neste momento, também não há barreiras sanitárias nos acessos ao município.

Nas outras cidades da Região dos Lagos, as estratégias começaram a ser delineadas. Em Araruama, a Prefeitura disse que a Guarda Municipal montará uma estratégia para evitar as aglomerações. Em Búzios, além da fiscalização da Guarda que está prevista para o período, a Prefeitura afirma que não apoiará nenhum evento. Por sua vez, a Prefeitura de Iguaba Grande afirmou que a cidade continuará adotando as determinações do decreto municipal que vem sendo aplicadas antes mesmo das festas de fim de ano. Em Saquarema, a Prefeitura nformou que o município continuará seguindo todos os decretos para evitar a propagação e disseminação do vírus.

Por fim, a Prefeitura de Arraial do Cabo disse que um plano de ação será discutido em breve em relação às medidas que serão tomadas futuramente durante os dias de Carnaval e que a fiscalização será intensificada. A Prefeitura relembrou que a cidade e as praias são fiscalizadas diariamente e que equipes da Guarda Municipal e do Meio Ambiente orientam os turistas que chegam ao município.

(*) Confira as expectativas da hotelaria para o período na edição impressa semanal, que está nas bancas. 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.