Assine Já
segunda, 23 de maio de 2022
São Paulo
23ºmax
11ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 89397 Óbitos: 2439
Confirmados Óbitos
Araruama 17822 469
Armação dos Búzios 8585 77
Arraial do Cabo 2120 96
Cabo Frio 21771 1002
Iguaba Grande 16473 153
São Pedro da Aldeia 10607 298
Saquarema 12019 344
Últimas notícias sobre a COVID-19
AQUECIMENTO

Região dos Lagos gera mais de 3 mil empregos no primeiro trimestre do ano

Araruama e Arraial do Cabo impulsionaram o desempenho da região como um todo

12 maio 2022 - 11h44Por Redação

A Região dos Lagos gerou 3.063 postos de trabalho formais entre janeiro e março de 2022, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregdos e Desempregados (Caged), reunidos no estudo Retratos Regionais, da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). Os números fazem parte da análise integrada de todos os setores econômicos (indústria, comércio, serviços e agropecuária). O desempenho é levemente inferior ao obtido no mesmo período do ano passado, quando foram gerados 3.244 empregos formais entre janeiro e março.

O melhor resultado do ano na região ficou com Araruama (+1.787) seguido de Arraial do Cabo (+1.108), que impulsionaram o desemprenho da região como um todo. Também obtiveram saldo positivo (diferença entre contratações e demissões) mos municípios de Saquarema (+185); São Pedro da Aldeia (+103); Iguaba Grande (+21); Cabo Frio (+14). A única cidade a perder empregos de carteira assinada foi Armação dos Búzios, que teve saldo negativo de 155 vagas. 

O setor de serviços liderou as estatísticas de emprego na região, com saldo positivo de 1.657. Os municípios que mais criaram vagas neste segmento foram Arraial do Cabo (+1.082); Cabo Frio (+210) e Saquarema (+197). Na indústria, o setor registra saldo positivo de 1.575 vagas de trabalho formais. Araruama (+1.392) tem o melhor resultado industrial da Região dos Lagos em 2022. 

Análise estadual

Entre as ocupações, as cinco maiores contratações no estado no primeiro trimestre de 2022 foram: faxineiro (+4.039), servente de obras (+3.714), agente comunitário de saúde (+3.623), trabalhador de serviços de limpeza e conservação de áreas públicas (+2.346), e auxiliar de desenvolvimento infantil (+2.106). Na indústria, servente de obras (+3.204) foi responsável por 2 em cada 10 novas contratações em 2022, seguido pela ocupação de instalador de tubulações (+1.205). Pedreiro, assistente Administrativo e faxineiro também se destacaram com os maiores saldos de contratações no setor industrial nos três primeiros meses do ano.

Empresas de todos os portes registraram saldo positivo no primeiro trimestre de 2022. As micro e pequenas empresas (+19.032) foram responsáveis por metade das contratações observadas no ano. As grandes empresas (+14.945) foram as segundas que mais contrataram, seguida pelas médias (+1.182). Entre os setores, as micro e pequenas empresas se destacam com a maior parte das contratações em serviços: 6 em cada 10 novas contratações no setor foram realizadas por micro e pequenas empresas (+20.701), em especial, nos segmentos de educação infantil e ensino fundamental. As grandes (+11.244) e médias (+2.311) empresas também registraram saldo positivo no segmento. No setor industrial, a micro e pequenas empresas (+6.550) contrataram 4 em cada 10 novos trabalhadores formais em 2022, impulsionadas pelos segmentos de construção de edifícios e outras obras de infraestrutura. As grandes indústrias (+6.415) também apresentaram saldo de contratações significativo, seguido pelas médias indústrias (+2.178).

Retratos Regionais

A plataforma Retratos Regionais da Firjan tem como base o saldo de empregos formais disponibilizados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Em painel setorial são disponibilizados dados específicos dos setores industriais. Em painel regional, que também permite a busca por município, é apresentado o cenário geral de empregos, incluindo todos os grandes setores. A plataforma pode ser acessada através deste link.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.