Assine Já
sábado, 05 de dezembro de 2020
Região dos Lagos
26ºmax
21ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 13221 Óbitos: 567
Confirmados Óbitos
Araruama 2625 126
Armação dos Búzios 1500 22
Arraial do Cabo 427 21
Cabo Frio 3925 183
Iguaba Grande 1197 41
São Pedro da Aldeia 2010 79
Saquarema 1537 95
Últimas notícias sobre a COVID-19
Teatro Municipal

Reforma do Teatro Municipal de Cabo Frio começa este mês

Obras terão custo de R$ 144 mil e serão tocadas por empresa que construiu o espaço cultural, em 1997

15 agosto 2017 - 13h30Por Texto e foto: Gabriel Tinoco
Reforma do Teatro Municipal de Cabo Frio começa este mês

Enquanto o Teatro Municipal completa duas décadas, a comunidade artística de Cabo Frio ganha mais esperanças de ter o seu principal palco de volta em breve. Em entrevista à Folha, o secretário de Cultura, Ricardo Chopinho, afirmou que a licitação ocorreu na semana retrasada e que a revitalização do espaço começa ainda este mês. A empresa vencedora foi a Mc2 Engenharia, a mesma que construiu o teatro, e o custo será de R$ 144.996,00.

– Estamos trabalhando desde maio. Faremos uma revitalização para colocar o teatro em funcionamento. Vamos mudar parte elétrica, iluminação, palco, acesso às poltronas... Vai ser tudo modificado de forma que dê segurança às pessoas que forem na unidade. O muro de arrimo (peça em que o palco se apoia) caiu e a areia desceu toda para o palco – afirma Chopinho.

A Folha esteve no local e constatou os muros pichados e os corredores mal iluminados. Mas, apesar disso, uma aula de canto acontecia no palco, que não estava em boas condições. O diretor Ítalo Moreira afirmou que o espaço ainda recebe cursos artísticos e que funciona internamente, apenas não abre para espetáculos.

– O teatro está em funcionamento, com atividades internas. Temos cursos de teatro, violão... Os funcionários vêm para cá trabalhar. O teatro não está morto – pontua o diretor.

Para provar que o teatro ainda vive, o Grupo Oficena ocupou, na noite de ontem, as escadarias do Teatro Inah de Azevedo Mureb. O grupo fez curso de teatro, solos, apresentações musicais e poesia.

Homenagem – O Teatro Municipal leva o nome da artista Inah de Azevedo Mureb, que deu nome ao espaço devido à sua extensa contribuição à cultura local.

– Minha avó era uma artista. Na casa dela tinham saraus. Ela tocava piano, cantava... Todo final de semana tinha música lá em casa. Era do teatro numa época em que isso era super subversivo para as mulheres. Minha avó escrevia músicas para as peças, era atriz. Participou de várias montagens. Enfim, uma artista completa – se derrete a neta Taz Mureb, que herdou na genética a veia artística da avó.

– Ela me influenciou em muita coisa. Todos os filhos dela são muito musicais e vários netos trabalham e desenvolvem arte.Certa vez, eles (os avós de Taz) montaram uma apresentação chamada ‘Os Murebs’. Nela, se apresentaram minha avó e os sete filhos no Argonautas, no Tamoyo – relembra a cantora.

Leia também:

Reabertura do Teatro Municipal de Cabo Frio fica para o fim do ano

Teatro de Cabo Frio pode ser reaberto em agosto