Assine Já
domingo, 09 de maio de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
17ºmin
Tropical
http://www.alerj.rj.gov.br/
TEMPO REAL Confirmados: 37366 Óbitos: 1428
Confirmados Óbitos
Araruama 9540 293
Armação dos Búzios 4618 57
Arraial do Cabo 1313 69
Cabo Frio 9865 521
Iguaba Grande 3740 92
São Pedro da Aldeia 5088 224
Saquarema 3202 172
Últimas notícias sobre a COVID-19
MPF INVESTIGA

Redução de efetivo nas agências da Caixa em Cabo Frio pode formar aglomerações, diz denúncia

Instituição bancária foi questionada sobre a prática durante período de pagamento do Auxílio Emergencial

10 abril 2020 - 17h17Por Redação
O Ministério Público Federal (MPF) abriu investigação sobre denúncia de que as agências da Caixa Econômica Federal em Cabo Frio estariam funcionando com efetivo reduzido. Segundo o MPF, a adoção de tal prática em momento de grande procura das agências, por conta do pagamento do Auxílio Emergencial, pode colaborar para aglomerações de clientes no período de distanciamento social em virtude da pandemia do Covid-19.
 
De acordo com relatos colhidos pelo MPF, as agências estariam funcionando com apenas 30% do efetivo normal.
 
O procedimento aberto pelo procurador da República Leandro Mitidieri pede que sejam esclarecidas as medidas tomadas "para garantir que o atendimento nas aludidas agências bancárias da CEF aconteça de forma organizada, com quadro de pessoal suficiente e sem aglomerações de pessoas, em consonância com as providências recomendadas para evitar/minimizar a disseminação do novo Coronavírus (COVID-19)".
 
Procurada pela reportagem, a Caixa Econômica Federal não respondeu sobre a suposta diminuição do efetivo nas agências de Cabo Frio. A assessoria enviou uma resposta genérica, afirmando que a instituição "reforça o enfrentamento aos efeitos do novo coronavírus (Covid-19) com a ampliação dos serviços digitais e remotos" e que "as medidas adotadas têm como objetivo contribuir para evitar aglomerações e, consequentemente, melhorar a segurança de todos os clientes, colaboradores e parceiros da Caixa no contexto da pandemia".

"A Caixa orienta seus clientes a acessarem os serviços do banco por meio dos canais digitais e remotos, que foram reforçados. Os clientes podem fazer a movimentação de valores por meio do Internet Banking e Mobile Banking e foi ampliado o atendimento em canais remotos, como a Agência Digital, telesserviço e SMS. Desde o dia 23 de março, foi aumentado para R$ 5 mil o limite de transferências eletrônicas entre contas da Caixa em todos os canais, além da possibilidade de aumento do limite das transações através do Mobile Banking para até R$10 mil", diz ainda a nota.
 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.