Assine Já
sexta, 18 de setembro de 2020
Região dos Lagos
30ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7483 Óbitos: 397
Confirmados Óbitos
Araruama 1452 99
Armação dos Búzios 466 10
Arraial do Cabo 201 13
Cabo Frio 2467 130
Iguaba Grande 622 34
São Pedro da Aldeia 1153 50
Saquarema 1122 61
Últimas notícias sobre a COVID-19
recadastramento

Recadastramento de ambulantes de Cabo Frio deve sair em até um mês

Secretário alega que dificuldades financeiras e de estrutura atrasaram o trabalho

08 agosto 2017 - 10h29Por Redação I Foto: Arquivo Folha
Recadastramento de ambulantes de Cabo Frio deve sair em até um mês

Anunciado em algumas oportunidades, o recadastramento dos ambulantes em Cabo Frio segue travado, mas segundo o secretário municipal de Desenvolvimento da Cidade, Cláudio Bastos, deve sair em até 30 dias. Em entrevista ao comunicador Amaury Valério, em seu programa na Rádio Ondas FM, Bastos disse que o trabalho finalmente será iniciado. O secretário afirmou que os problemas estruturais na sede da pasta, em São Cristóvão, e as dificuldades financeiras atrasaram o cronograma.

– Quando chovia, chovia dentro e fora da secretaria. Tivermos que fazer algumas reformas – relata Bastos.

O coordenador reconhece a demora, mas disse que o prefeito Marquinho Mendes ‘está preocupado com o problema social’. Cláudio Bastos negou que a cidade esteja atrasada em relação às demais na questão do recadastramento.

– Tirando as cidades em que o prefeito foi reeleito, Cabo Frio vai ser a pioneira nesse trabalho de recadastramento – garante.

Por fim, o secretário comentou que todas as permissões foram cassadas, por ordem do prefeito. Apenas quem já tivesse autorização oficial, ainda que vencida, pôde permanecer. De antemão, ele avisou que o principal critério para ser contemplado com o nova licença é ser morador de Cabo Frio. Além disso, os ambulantes mais antigos terão a preferência.

– Ser morador é critério inegociável para o prefeito – avisa.

Entre os documentos que comprovem a residência estão o cartão do SUS e o comprovante de matrícula dos filhos na rede municipal de ensino.