Assine Já
quinta, 24 de junho de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
16ºmin
Alerj2
Alerj3
TEMPO REAL Confirmados: 43614 Óbitos: 1679
Confirmados Óbitos
Araruama 10812 339
Armação dos Búzios 5233 57
Arraial do Cabo 1501 83
Cabo Frio 11637 622
Iguaba Grande 4486 107
São Pedro da Aldeia 5916 260
Saquarema 4029 211
Últimas notícias sobre a COVID-19
Brasileiro

Quase metade dos brasileiros inadimplentes não tem condição de quitar as dívidas

Estudo revela que valor da dívida aumentou em 23%

20 agosto 2015 - 13h38

Uma pesquisa divulgada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) concluiu que, atualmente, 45% dos brasileiros inadimplentes não tem condição de pagar as dívidas. O estudo mostrou, ainda, que para 44% a situação financeira atual está pior se comparada ao ano passado.

Além do alto índice de pessoas que não tem condições de quitar as dívidas, a pesquisa revelou que na comparação entre 2014 e 2015, o valor médio das dívidas em atraso passou de R$4 mil para R$5,4 mil. O mau uso do “dinheiro de plástico” – cartão de crédito – é um dos principais fatores que levaram a inadimplência do consumidor. Empréstimos junto aos bancos e financeiras, contas de telefone e a utilização de cheque especial também estão na pauta.

O que poderia ser o fio de esperança parece estar se rompendo. Aproximadamente 33% dos consumidores com as contas atrasadas citaram a

perda do emprego como a principal causa dos atrasos.

Uma das estratégias usadas para conseguir sair da crise também foram citadas na pesquisa. As maneiras mais recorrentes é o acordo junto aos credores, cortes no orçamento e as atividades extras para geração de renda.