Assine Já
sexta, 14 de agosto de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
17ºmin
Alerj
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 5213 Óbitos: 304
Confirmados Óbitos
Araruama 846 62
Armação dos Búzios 384 9
Arraial do Cabo 132 12
Cabo Frio 1721 100
Iguaba Grande 420 26
São Pedro da Aldeia 796 44
Saquarema 914 51
Últimas notícias sobre a COVID-19
Brasileiro

Quase metade dos brasileiros inadimplentes não tem condição de quitar as dívidas

Estudo revela que valor da dívida aumentou em 23%

20 agosto 2015 - 13h38

Uma pesquisa divulgada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) concluiu que, atualmente, 45% dos brasileiros inadimplentes não tem condição de pagar as dívidas. O estudo mostrou, ainda, que para 44% a situação financeira atual está pior se comparada ao ano passado.

Além do alto índice de pessoas que não tem condições de quitar as dívidas, a pesquisa revelou que na comparação entre 2014 e 2015, o valor médio das dívidas em atraso passou de R$4 mil para R$5,4 mil. O mau uso do “dinheiro de plástico” – cartão de crédito – é um dos principais fatores que levaram a inadimplência do consumidor. Empréstimos junto aos bancos e financeiras, contas de telefone e a utilização de cheque especial também estão na pauta.

O que poderia ser o fio de esperança parece estar se rompendo. Aproximadamente 33% dos consumidores com as contas atrasadas citaram a

perda do emprego como a principal causa dos atrasos.

Uma das estratégias usadas para conseguir sair da crise também foram citadas na pesquisa. As maneiras mais recorrentes é o acordo junto aos credores, cortes no orçamento e as atividades extras para geração de renda.