Assine Já
quarta, 23 de setembro de 2020
Região dos Lagos
21ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7942 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1581 102
Armação dos Búzios 477 10
Arraial do Cabo 231 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 649 36
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1165 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
prolagos

Prolagos assegura investimento

Concessionária garante que precisa aumentar abastecimento em 20% até 2030

10 junho 2015 - 09h04

Após a reportagem publica da na edição de ontem da Folha dos Lagos, que dava conta que a Prolagos teria que aumentar em 62% a captação de água até 2030 para satisfazer a demanda da Região dos Lagos, a concessionária informou que um aumento considerável na capacidade de captação desde que o relatório foi apresentado, em 2014. Hoje, a Prolagos já opera com 1.500 L/s (ao contrário dos 1.120 da publi- cação) e já está bem mais perto da meta (1.800 L/s), o que significa, hoje, um aprimoramento de apenas 20% na captação.

Ainda segundo a nota emitida pela Prolagos, a concessionária já tem acordo com o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) para ampliar ainda mais a captação de água no prazo de quinze anos e, conforme a demanda for crescendo a longo prazo, pelo mesmo caminho seguirá a capacidade de abastecimento. Confira a íntegra:

“Em relação à reportagem publicada no Jornal Folha dos Lagos na edição de terça-feira (09/06) sobre o Plano Estadual de Recursos Hídricos do Estado do Rio de Janeiro, a Prolagos informa que o relatório é datado de Maio de 2014 e apresenta informações conceitualmente corretas, porém, desatualizadas. Diferentemente do que foi informado na reportagem, a vazão do Sistema da Prolagos, ou seja, a capacidade de tratamento da Estação de Juturnaíba (ETA), já opera com 1.500 L/s. Essa capacidade é suficiente para atendimento da demanda atual. Quanto à projeção para 2030, o relatório indica necessidade de operação com 1.800 L/s, ou seja, um aumento de 20% da capacidade de tratamento da ETA, e não dos 62% mencionados na reportagem. A Prolagos confirma a projeção de crescimento da demanda que consta do estudo e informa que esta ampliação da capacidade de tratamento de água está prevista no programa de investimentos aprovado pelos municípios e pela agência reguladora. A concessionária informa ainda que o volume estipulado na outorga para capta- ção na Estação de Tratamento de Água Juturnaíba concedido pelo INEA (Instituto Estadual do Ambiente) é de 1.800 L/s. Está prevista a ampliação da capacidade da ETA para atender a esse volume de captação em 2018”.