Assine Já
sexta, 26 de fevereiro de 2021
Região dos Lagos
27ºmax
21ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 26379 Óbitos: 907
Confirmados Óbitos
Araruama 6711 182
Armação dos Búzios 3191 32
Arraial do Cabo 855 37
Cabo Frio 7249 347
Iguaba Grande 2510 55
São Pedro da Aldeia 3488 126
Saquarema 2375 128
Últimas notícias sobre a COVID-19
Natureza

Projeto de lei pode trazer ainda mais vida para paisagem cabofriense

‘Plantando Pássaros’ prevê que o replantio de árvores nos canteiros, jardins e áreas verdes da cidade

01 maio 2014 - 10h44Por Rodrigo Branco
Projeto de lei pode trazer ainda mais vida para paisagem cabofriense
“As leis não bastam. Os lírios não nascem das leis”, escreveu Carlos Drummond de Andrade. Mas há algumas que podem ajudar a beleza da natureza florescer soberana. É o caso de um projeto de lei que tramita na Câmara Municipal, que pode  trazer, em breve, uma nova realidade ambiental na paisagem de Cabo Frio. De autoria do vereador Adriano Moreno (PP), o projeto, intitulado ‘Plantando Pássaros’, prevê que o replantio de árvores nos canteiros, jardins e áreas verdes da cidade seja feito apenas com espécies nativas da região. A justificativa é que, mais adaptadas ao clima local, característico por ventos fortes e constantes e pouca chuva, elas não cresceriam de forma desordenada, destruindo ruas e calçadas e aumentaria a incidência de aves típicas.
– Elaboramos o projeto com conhecimento de causa, pois tenho formação em Biologia, e a partir de estudos e experiências de outros lugares. Quando há plantio e replantio com árvores nativas, há menos risco de queda, o que não acontece com outras espécies, cujas raízes não são adaptadas ao nosso solo. É preciso arborizar, pois tem poucas árvores na cidade. Elas produzem sombra, realizam fotossíntese, trazem qualidade de vida e fazem bem a todos – explica Paulo Henrique Tavares Monteiro, chefe de gabinete do vereador.
Ele também afirma que desconhece a existência de legislação específica sobre assunto nos demais municípios do estado. A inspiração vem principalmente de São Paulo, sobretudo das cidades que ficam na região de Ribeirão Preto.
 
Confira reportagem completa na edição da Folha dos Lagos desta quinta-feira (01).