Assine Já
terça, 30 de novembro de 2021
Região dos Lagos
27ºmax
22ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53491 Óbitos: 2186
Confirmados Óbitos
Araruama 12497 447
Armação dos Búzios 6580 73
Arraial do Cabo 1754 93
Cabo Frio 15408 901
Iguaba Grande 5564 147
São Pedro da Aldeia 7047 290
Saquarema 4641 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Geral

Programa Amaury Valério completa 30 anos no rádio

Apresentador afirma que atração se tornou um elo entre a comunidade e o poder público

06 junho 2019 - 11h04
Programa Amaury Valério completa 30 anos no rádio

ALEXANDRE FILHO

Sucesso de público e líder de audiência no seu horário na rádio, o Programa Amaury Valério completou ontem 30 anos de existência na rádio cabofriense. Atualmente no ar de segunda à sexta, das 8h às 11h, na Rádio Ondas, a atração combina entretenimento, notícias e utilidade pública, sendo um dos principais elos entre a população da Região dos Lagos e as autoridades.

 Já virou rotina. De manhã cedo, o apresentador Amaury Valério chega às casas e carros de milhares de cabofrienses e moradores da Região dos Lagos através das ondas do rádio. Após tanto tempo no ar, o radialista afirma que o sentimento é de satisfação em ver o programa ter tanto sucesso e se tornar um verdadeiro canal aberto para a comunidade.

– Fica um sentimento de realização, um sentimento de satisfação de conseguir manter um veículo há tanto tempo exatamente a serviço da comunicação verdadeira, da interligação entre a comunidade e as autoridades. Nós atuamos como um elo entre os anseios e as soluções, e nesses 30 anos fizemos muito disso – disse.

O viés social do programa é evidente para quem acompanha a atração todas as manhãs. Amaury se tornou uma espécie de porta-voz da comunidade, ouvindo as necessidades de cada um com a mesma presteza e cobrando das autoridades as devidas ações. Não é de se espantar que, ao falar dos maiores desafios a frente do programa nas últimas três décadas, além da questão financeira, ele citasse os problemas dos seus ouvintes, que já se tornaram parte integrante da atração matinal.

– Dentre os maiores desafios estão as dificuldade financeiras, de um país que não sai da crise. Mas sentimos a vontade de não parar, de fazer o programa acima de tudo. E quando falamos desses 30 anos, a gente pensa que tem tanta coisa para fazer ainda pela nossa sociedade, nós já fizemos muita coisa, mas parece que não vai acabar nunca. As dificuldades da comunidade aumentam, a qualidade dos serviços piora, e a sociedade fica a mercê da própria sorte. Temos essa preocupação de estar bem equilibrado nesse sentido – declarou.

Mas muito além do que um elo entre a comunidade e o poder público, o Programa Amaury Valério é também uma escola. Não são poucos os profissionais da comunicação cabofriense e da região que passaram por ali e aprenderam com o comunicador nesses últimos 30 anos. Segundo o próprio Amaury, esse legado que o programa deixou ao longo do tempo.

– A avaliação que eu faço desses 30 anos é super positiva, porque já passaram muitos profissionais por aqui que me ajudaram a fazer o programa, que foi construído com muita gente boa começando, pessoas que não tinham experiência no jornalismo e que hoje desempenham a profissão com maestria – declarou.

Natural de Eirupené, no Amazonas, Amaury afirma que quando chegou a Cabo Frio a cidade só tinha uma rádio AM, onde as pessoas conseguiam ouvir programas produzidos no Rio de Janeiro. Em 2019, no mundo das redes sociais, o radialista afirma que o rádio ainda tem muita lenha para queimar e afirma que o programa vai continuar se reinventando para estar cada vez mais antenado com as novas tendências.

– Hoje temos as redes sociais, mas o rádio sempre vai ter o papel dele, é óbvio isso. Acreditamos em sua sobrevivência jun- to com as novidades da comunicação. Hoje nosso programa está na TV e na Internet. Nesses últimos 30 anos nós já tivemos que nos reinventar, criar vinhetas, quadros, e para o futuro a gente vai tentar ao máximo estar sempre antenado e teremos novidades, vamos investir mais em repórteres em São Pedro e Búzios , acrescentar essa abrangência no noticiário – disse.