Assine Já
quarta, 12 de maio de 2021
Região dos Lagos
26ºmax
16ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 37918 Óbitos: 1447
Confirmados Óbitos
Araruama 9612 300
Armação dos Búzios 4692 57
Arraial do Cabo 1317 69
Cabo Frio 10088 529
Iguaba Grande 3759 93
São Pedro da Aldeia 5248 224
Saquarema 3202 175
Últimas notícias sobre a COVID-19
greve

Professores e profissionais da Educação de Cabo Frio entram em greve por tempo indeterminado

Decisão foi tomada em assembleia realizada na noite desta quarta-feira (11)

11 novembro 2015 - 21h30

Todo mês a saga se repete: o prefeito Alair Corrêa ‘convoca’ os servidores que estão sem rece­ber para dar explicações e novos prazos. Mas, desta vez, o tiro saiu pela culatra. Enfurecidos depois de o prefeito decretar novo pra­zo para pagamento e dizer, diante dos atrasos, que “quem não tem dinheiro não precisa ir trabalhar”, profissionais da Educação reuni­ram-se em assembleia, deflagra­ram greve e fizeram buzinaço e passeata pelas ruas da cidade.

Na reunião entre o Governo Municipal e os servidores públi­cos, à tarde, o prefeito disse que o pagamento dos contratados será feito a cada terceira terça-feira de cada mês – em novembro, será na próxima, 17.

Logo em seguida, os profissio­nais da Educação fizeram assem­bleia no Colégio Edilson Duarte e decidiram por greve, com du­ração indeterminada. A paralisa­ção começa nesta quinta-feira (12). Em resposta, a Secretaria de Educação emi­tiu nota adiantando o feriado do Consciência Negra, dia 20, para segunda, dia 16, emendando com o fim de semana e o feriado do aniversário da cidade. A inten­ção, segundo interpretação dos servidores grevistas, é ofuscar a paralisação do funcionalismo.