Assine Já
terça, 14 de julho de 2020
Região dos Lagos
23ºmax
15ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 310 Confirmados: 3455 Óbitos: 200
Suspeitos: 310 Confirmados: 3455 Óbitos: 200
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 279 8
Arraial do Cabo 9 88 11
Cabo Frio X 1037 64
Iguaba Grande 14 257 20
São Pedro da Aldeia 4 537 20
Saquarema 9 599 35
Últimas notícias sobre a COVID-19
greve

Professores e profissionais da Educação de Cabo Frio entram em greve por tempo indeterminado

Decisão foi tomada em assembleia realizada na noite desta quarta-feira (11)

11 novembro 2015 - 21h30

Todo mês a saga se repete: o prefeito Alair Corrêa ‘convoca’ os servidores que estão sem rece­ber para dar explicações e novos prazos. Mas, desta vez, o tiro saiu pela culatra. Enfurecidos depois de o prefeito decretar novo pra­zo para pagamento e dizer, diante dos atrasos, que “quem não tem dinheiro não precisa ir trabalhar”, profissionais da Educação reuni­ram-se em assembleia, deflagra­ram greve e fizeram buzinaço e passeata pelas ruas da cidade.

Na reunião entre o Governo Municipal e os servidores públi­cos, à tarde, o prefeito disse que o pagamento dos contratados será feito a cada terceira terça-feira de cada mês – em novembro, será na próxima, 17.

Logo em seguida, os profissio­nais da Educação fizeram assem­bleia no Colégio Edilson Duarte e decidiram por greve, com du­ração indeterminada. A paralisa­ção começa nesta quinta-feira (12). Em resposta, a Secretaria de Educação emi­tiu nota adiantando o feriado do Consciência Negra, dia 20, para segunda, dia 16, emendando com o fim de semana e o feriado do aniversário da cidade. A inten­ção, segundo interpretação dos servidores grevistas, é ofuscar a paralisação do funcionalismo.