Assine Já
sexta, 17 de setembro de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 50688 Óbitos: 2057
Confirmados Óbitos
Araruama 12158 430
Armação dos Búzios 6182 64
Arraial do Cabo 1680 90
Cabo Frio 14015 822
Iguaba Grande 5355 134
São Pedro da Aldeia 6830 284
Saquarema 4468 233
Últimas notícias sobre a COVID-19
Greve

Professores de Cabo Frio decretam nova paralisação

Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação aprovou um novo ato durante assembleia

25 outubro 2015 - 09h00Por Gabriel Tinoco

Após a mobilização que mo­vimentou a cidade, na última quarta-feira, o Sindicato Estadu­al dos Profissionais de Educa­ção (Sepe Lagos) promete mais. A categoria aprovou nova greve de advertência nos dias 4 e 5 de novembro. No dia 4, o ato será no Ministério Público, no Cen­tro, às 9h, com caminhada até a prefeitura. No dia seguinte, pela manhã, o protesto acontecerá em frente à Camara dos Vereadores. Até o momento, a categoria não recebeu qualquer resposta do Go­verno sobre suas reivindicações.

Em assembleia, os profissio­nais resolveram ainda mais ques­tões. Também foi aprovado pelos servidores o encaminhamento de um ofício ao Ministério Público com a solicitação de uma reunião da categoria com o órgão. O prin­cipal objetivo é tratar da estadua­lização do Ensino Médio, que le­varia ao possível fechamento do Colégio Municipal Rui Barbosa.

Entre as principais reivindi­cações, estão: calendário fixo de pagamento, enquadramento por formação, mudança de nível, vale-transporte, chamada dos concursados de 2009, liberação das aposentadorias e licenças prêmios, insalubridade, não des­conto dentro da reserva de um terço dos cursos de formação, alimentação e material básico nas escolas. A categoria avaliou de maneira positiva a última greve de advertência. Os profissionais da Educação receberam apoio de inúmeros estudantes da rede pública de ensino durante a pa­ralisação.