Assine Já
domingo, 05 de julho de 2020
Região dos Lagos
24ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 272 585 40
Armação dos Búzios X 256 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 954 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 465 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
reveillon

Procura por Réveillon aumenta na região

Cabo Frio, Arraial e Búzios esperam driblar a crise e ter ocupação máxima

17 dezembro 2016 - 11h38Por Fernanda Carriço
Procura por Réveillon aumenta na região

Uma das palavras mais usadas em 2016 foi crise. Mas mesmo assim e, apesar dela, a expecta­tiva de ocupação na Rede Hote­leira da Região dos Lagos é boa. Apesar de não se comparar com o mesmo período do ano passa­do – que a essa altura já regis­trava quase 100% de ocupação – o pessoal do trade turístico está otimista. Em Cabo Frio, segundo a Superintendente de Turismo, Luane Ferreira, a taxa de ocu­pação está em torno dos 70% e acredita-se que chegue a 90%. Mas há quem já tenha ultrapas­sado esse índice.

É o caso do Hotel Malibu, na Praia do Forte. Com 102 apar­tamentos e 300 leitos, não há mais vagas para o pacote do Ano Novo. Mesmo tendo atingido a taxa de 100%, este foi o primeiro ano que a equipe sentiu dificul­dade para ocupar o hotel para o Reveillón: o pacote de cinco dias custa a partir de R$4320,00 para o casal.

- Gerou ansiedade, teve gente que cancelou porque não recebeu o pagamento, mas estamos lota­dos e a procura por janeiro come­ça a aquece – informou a gerente do hotel, Meri Thomaz.

A Pousada do Leandro, uma das mais conhecidas da cidade, ainda não chegou aos 100%, mas já está na casa dos 80% de ocu­pação do pacote que também ofe­rece cinco dias de hospedagem.

- Geralmente atingimos a ocu­pação máxima nos próximos dias. Mas ano passado fechamos com mais antecedência – decla­rou o recepcionista Roger Olivei­ra, que informou que o pacote de Ano Novo custa R$4620,00.

Em Búzios, dados da Associa­ção de Hotéis de Búzios a previ­são de ocupação hoje nos meios de hospedagem para o período de réveillon é de 70 a 80%. A hote­laria acredita que esse percentual aumente com a aproximação dos últimos dias de 2016, ou seja, a partir do dia 30.

Thomas Weber, presidente do Sindicato de Hotéis, Restauran­tes, Bares e Similares, acredita que a ocupação na passagem do ano 2016/2017, seja um pouco menor do que o mesmo período do ano passado, em função da crise financeira que o país en­frenta, principalmente, o Estado do Rio de Janeiro:

- A rede hoteleira de Búzios acredita que haja melhora nesse percentual, pois Armação dos Búzios figura com destaque no cenário turístico nacional e inter­nacional. Para se ter uma peque­na ideia, até 14 de abril de 2017, Búzios terá recebido mais de 250 mil turistas de diversas partes do mundo, que procuram o desti­no através dos transatlânticos – lembrou Thomas Weber.

Em Arraial do Cabo a expec­tativa também é das melhores para o secretário de Turismo, Marco Simas. Para ele, até os últimos dias de dezembro toda a rede hoteleira e outros meios de hospedagem como hostel, atingi­rão 100% de ocupação.

- A gente tem notícias que a ho­telaria está com bastante procura e muita gente já está ocupado. Desde novembro e outubro tinha gente com quarto fechado para o réveillon. Chegaremos aos 100% de ocupação – informou.