Assine Já
sexta, 24 de setembro de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
16ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 51256 Óbitos: 2089
Confirmados Óbitos
Araruama 12211 437
Armação dos Búzios 6305 64
Arraial do Cabo 1689 90
Cabo Frio 14244 839
Iguaba Grande 5384 138
São Pedro da Aldeia 6892 286
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
saude

Problemas na Saúde de Cabo Frio afetam municípios vizinhos

Fechamento da UPA do Parque Burle deixa recursos mais escassos na Região dos Lagos

01 abril 2016 - 09h55

O colapso no sistema público de Saúde de Cabo Frio, agravado após o fechamento da UPA do Parque Burle, ultrapassa os limites da cidade, acostumada a atender com seus recursos os moradores dos municípios vizinhas.

O fim do atendimento na unidade motivou, inclusive, o pedido pela sua reabertura do prefeito de Armação dos Búzios, André Granado (PMDB), junto à Secretaria Estadual de Saúde, conforme noticiado na edição de ontem da Folha. Ao secretário, Granado classificou a situação como ‘insustentável’ e se colocou a disposição para ajudar na formação da equipe administrativa.

Em Arraial do Cabo, a situa- ção não é muito diferente. Desde o começo do verão, a secretaria de Saúde estima que o aumento no número de atendimentos é da ordem de 40%. A assessoria informou que não há números exatos porque muitos pacientes não revelam o município de origem na hora do preenchimento do Boletim de Atendimento Médico.

Para o secretário Sppencer Cardoso, que está de saída para concorrer a uma vaga de vereador nas próximas eleições, é hora de retomar as conversas para o Consórcio Intermunicipal de Saúde, que jamais saiu do papel.

– Sempre defendi o fortaleci- mento do Consórcio Municipal de Saúde por entender que, em uma região de municípios pequenos e com poucos recursos para a saúde, a gestão conjunta viabilizaria muitos serviços e beneficiaria os gestores e as populações das cidades consorciadas – acredita Sppencer.

* A matéria completa está na edição desta sexta-feira da Folha dos Lagos.