Assine Já
domingo, 16 de maio de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
15ºmin
Alerj
Alerj
TEMPO REAL Confirmados: 38271 Óbitos: 1463
Confirmados Óbitos
Araruama 9632 300
Armação dos Búzios 4705 57
Arraial do Cabo 1332 69
Cabo Frio 10222 542
Iguaba Grande 3800 93
São Pedro da Aldeia 5306 227
Saquarema 3274 175
Últimas notícias sobre a COVID-19
wibx

Primeira escritura de transação imobiliária feita com Wibx é de Cabo Frio

Jefferson Silva foi o corretor de imóveis responsável pela intermediação

10 outubro 2019 - 21h42
Primeira escritura de transação imobiliária feita com Wibx é de Cabo Frio

Foi em Cabo Frio a primeira transação imobiliária, com escritura lavrada em cartório, feita através da criptomoeda brasileira Wibx. É o que assegura o corretor de imóveis Jefferson Silva, responsável por intermediar a transação. A casa duplex, localizada no Bosque do Peró, foi vendida no valor equivalente a R$ 320 mil reais. 

– Foi 100% paga em Wibx – afirma o corretor. 

Esta é a terceira transação imobiliária com escritura após venda com critptomoedas, segundo Jefferson. Nas duas primeiras, utilizou-se o bitcoin, que é a mais conhecida das moedas digitais.

Negociadas pela internet, as criptomoedas são códigos virtuais que podem ser convertidos em valores reais. A segurança é garantida por criptografia e pela tecnologia blockchain, que é um livro contábil que registra as transações, assim como todas as suas informações.

 Jefferson, que também investe diretamente em compra e venda de Wibx, considera como promissor o mercado das criptomoedas. Ele pondera, no entanto, que é papel do corretor sempre alertar para os riscos envolvidos em operações desse tipo.

– Fazemos um contrato particular de compra e venda, onde o comprador tem ciência da volatilidade da moeda. Pode ser que a moeda chegue a 10 dólares, como pode ser que passe a valer um centavo de dólar. Tudo é risco, mas há ciência dessa situação. Assim como o comprador sabe que aqueles que estão investindo na moeda não têm do que reclamar – comenta o corretor. 

E o trabalho com as moedas virtuais já está levando Jefferson para fora dos limites da Região dos Lagos. Ele está negociando imóveis, cujos proprietários aceitam receber em Wibx, em diversas cidades do país.

– Não é qualquer proprietário que aceita. Quem tem perfil conservador tem mais bloqueio quanto a isso. Mas estamos tendo êxito. O Brasil inteiro está me chamando – ele comemora.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.