Assine Já
sexta, 30 de julho de 2021
Região dos Lagos
18ºmax
10ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46181 Óbitos: 1868
Confirmados Óbitos
Araruama 11325 353
Armação dos Búzios 5463 57
Arraial do Cabo 1574 87
Cabo Frio 12663 757
Iguaba Grande 4763 115
São Pedro da Aldeia 6144 273
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabo Frio

Presidente do Grupo Iguais representa no MPF contra autor de comentário homofóbico sobre Parada LGBT de Cabo Frio

Homem postou na página da prefeitura que estava “liberada caça por snipers” no dia do evento

11 setembro 2019 - 18h18Por Rodrigo Branco
Presidente do Grupo Iguais representa no MPF contra autor de comentário homofóbico sobre Parada LGBT de Cabo Frio

O presidente do Grupo Iguais de Cabo Frio, Rodolpho Campbell, entrou nesta quarta-feira (11) com uma representação no Ministério Público Federal (MPF), em São Pedro da Aldeia, contra o autor de um comentário homofóbico em postagem sobre a 15ª edição Parada do Orgulho LGBT na página da prefeitura no Facebook. 


Na mensagem, o homem dizia que “a caça estava liberada para os snipers (atiradores de elite da polícia)” durante o evento, realizado na Praia do Forte no último domingo (8). Em função da repercussão negativa, o comentário foi apagado posteriormente, mas já havia sido ‘printado’. Segundo Rodolpho, a postagem foi caracterizada na Manifestação 20190072712 do MPF como crime de ameaça, ódio e Homofobia.


Esta é a segunda iniciativa formal tomada contra o autor do comentário homofóbico. Na segunda-feira (9), o sociólogo cabofriense Márcio Paixão prestou queixa na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), que fica no Centro do Rio. Ele também prometeu entrar com ação cível contra o responsável pela agressão verbal.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 29 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições na porta de casa, de terça a sábado. Ligue já: (22) 2644-4698. *Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.