Assine Já
quinta, 13 de maio de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
http://www.alerj.rj.gov.br/
http://www.alerj.rj.gov.br/
TEMPO REAL Confirmados: 37918 Óbitos: 1447
Confirmados Óbitos
Araruama 9612 300
Armação dos Búzios 4692 57
Arraial do Cabo 1317 69
Cabo Frio 10088 529
Iguaba Grande 3759 93
São Pedro da Aldeia 5248 224
Saquarema 3202 175
Últimas notícias sobre a COVID-19
IMUNDÍCIE

Prefeitura recolhe mensalmente 200 toneladas de resíduos em áreas de descarte irregular na Gamboa

Comsercaf elabora relatório que será encaminhado ao Ministério Público e demais órgãos competentes

09 dezembro 2020 - 18h02Por Redação

A Prefeitura de Cabo Frio realiza diariamente a coleta de cerca de sete toneladas de inservíveis, resíduos domiciliares, restos de tecidos, cana e coco, descartados de forma irregular em dois estacionamentos de veículos, localizados na rua José Rodrigues Póvoas, na Gamboa. Por mês, são coletadas aproximadamente 200 toneladas de lixo nestas áreas. Diante do problema recorrente, a Comsercaf está elaborando um relatório que será encaminhado ao Ministério Público e demais órgãos competentes, para que sejam tomadas as providências cabíveis.

Os locais possuem caçambas disponibilizadas pela Comsercaf, mas a população e os comerciantes optam por descartar os resíduos diretamente no chão, em vez de jogar dentro dos coletores. Em casos de descarte irregular, o responsável pode ser multado, com base na Lei nº 2330/2010. As multas podem variar de acordo com a quantidade de resíduos e o impacto ambiental promovido.

“As caçambas foram instaladas para que os comerciantes e moradores possam fazer o descarte dos resíduos, mas alguns sequer se dão ao trabalho de jogar o lixo no local correto. As equipes da autarquia se dedicam para manter a cidade limpa, mas sem o apoio da população fica inviável”, analisa Dario Guagliardi, presidente da Comsercaf.

Os moradores também podem contribuir com denúncias por meio do Disque Comsercaf, nos telefones (22) 2648-8906 ou 2648-8907, ou pelo e-mail [email protected].

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.