Assine Já
segunda, 19 de abril de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
20ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 33802 Óbitos: 1256
Confirmados Óbitos
Araruama 8610 270
Armação dos Búzios 4107 54
Arraial do Cabo 1200 62
Cabo Frio 9174 447
Iguaba Grande 3308 82
São Pedro da Aldeia 4591 188
Saquarema 2812 153
Últimas notícias sobre a COVID-19
sinalização

Prefeitura promete melhorar sinalização em cruzamento no Centro

Colisões na esquina das ruas Francisco Mendes e Jorge Lóssio são frequentes

26 agosto 2017 - 19h50Por Texto e foto: Gabriel Tinoco
Prefeitura promete melhorar sinalização em cruzamento no Centro

No fimda tarde da última sexta (25), Yamaha preta (LLK-5617) colidiu com a lateral direita de um Chevrolet prata LRC-9196 no cruzamento entre as ruas Jorge Lóssio e Francisco Mendes. A motorista do carro - que carregava mais um passageiro - ficou levemente ferida no braço, mas saiu andando para atendimento médico no hospital. O motociclista não teve lesões. Os bombeiros compareceram imedia- tamente ao local e isolaram os veículos.

Os acidentes têm feito parte da rotina das duas ruas. Os moradores reclamam da falta de sinalização nas pistas. De acordo com o garçom do restaurante Picanha na Tábua, José Rodrigues, 58, também falta atenção ao volante.

– Ontem (anteontem) teve outro acidente envolvendo uma moto e uma bicicleta. Só esse ano foram uns dez acidentes. Não tem sinalização e os motoristas têm muita falta de atenção – afirma.

Quem tem medo das constantes batidas é a empresária Marizete Peixoto, 68, que passa com atenção redobrada pelo local.

– Tem muito acidente. É quase toda semana. Também acontece muito na Rua 13 de Novembro, mas na Francisco Mendes acontece bem mais. Quando passo por ali, vou com toda atenção do mundo – comenta.

Outro que vê frequentemente batidas é o secretário de Esportes de São Pedro da Aldeia, Thiago Costa, 40, que tem uma imobiliária na Rua Jorge Lóssio.

– Toda semana tem acidente. Uma amiga minha do cartório bateu esses dias mesmo lá. Nós, que trabalhamos naquele local, vemos com freqüência – reclama.

A Folha entrou em contato com o secretário de Mobilidade Urbana, Mauro Branco, que enviou nesta sexta (25) mesmo o coordenador de trânsito, Fernando Timóteo, ao local. Timóteo informou que a prefeitura vai promover a pintura de sinalização em, no máximo, duas semanas e que a ela vai evitar quemotoristas parem nas esquinas, dificultando a visão.