Assine Já
terça, 07 de dezembro de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53859 Óbitos: 2198
Confirmados Óbitos
Araruama 12575 449
Armação dos Búzios 6589 73
Arraial do Cabo 1755 93
Cabo Frio 15647 903
Iguaba Grande 5581 147
São Pedro da Aldeia 7057 290
Saquarema 4655 243
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabo Frio

Prefeitura promete ajudar famílias da Rua da Torre

Apesar disso, ontem houve protesto de moradores de Tamoios em frente à sede do governo municipal

27 agosto 2019 - 20h34Por Rodrigo Branco

A Prefeitura de Cabo Frio prometeu apoiar os moradores da Rua da Torre e nos arredores, em Tamoios, no segundo distrito. Segundo estimativas de associações comunitárias, cerca de 6 mil famílias convivem com a ameaça de despejo por causa de uma ação de reintegração de posse proposta pela Enel Distribuidora, que alega que as construções foram erguidas irregularmente em área próxima à linha de transmissão de energia.
O procurador-geral do município, Bruno Aragutti, disse que o governo municipal vai dar ‘suporte instrumental’ aos moradores da localidade como, por exemplo, levantar possíveis dados de georreferenciamento do local. Do ponto de vista jurídico, o procurador disse que a causa cabe à Defensoria Pública do Estado.


– Vamos dar aos moradores esse apoio institucional, mas efetivamente o órgão que tem a legitimidade do ponto de vista jurídico é a Defensoria – conclui. 


Presidente do Conselho Comunitária de Segurança de Cabo Frio e da Associação de Mulheres de Cabo Frio, Conceição Barbosa ficou satisfeita com a posição do governo municipal. Empresária com imóvel na Rua da Torre, Conceição questiona a ação da concessionária de energia elétrica. Ela questiona o fato de pagar regularmente impostos e taxas no local há anos. 


– A Enel já retirou cinco famílias, não pagou a indenização e está exigindo que as outras saiam. Ela diz que é ilegal estarmos aqui, mas é legal recebermos as contas todos os meses. Como acertou em colocar o relógio de medição. Também pagamos IPTU, Prolagos, temos água e pagamos taxa de incêndio – contestou.


A movimentação da prefeitura, contudo, não convenceu todos os moradores. Um grupo esteve ontem na frente da sede do governo para cobrar mais providências e a ida do prefeito Adriano Moreno (DEM) ao segundo distrito. 


Em nota, a Enel Distribuição Rio informa que ingressou com ações de reintegração de posse na região mencionada, por ter identificado a existência de construções irregulares erguidas em área de Faixa de Servidão de Linha de Transmissão, que deve permanecer preservada para assegurar a correta atividade de manutenção da rede, para atender a questões regulatórias e para garantir a segurança para a população. A empresa esclarece que vem acompanhando o tema na justiça e aguardará decisões judiciais nos processos individuais para seguir com as medidas necessárias.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 29 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições na porta de casa, de terça a sábado. Ligue já: (22) 2644-4698. *Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.