Assine Já
domingo, 11 de abril de 2021
Região dos Lagos
30ºmax
19ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 32434 Óbitos: 1183
Confirmados Óbitos
Araruama 8059 252
Armação dos Búzios 4018 49
Arraial do Cabo 1143 56
Cabo Frio 8778 419
Iguaba Grande 3162 76
São Pedro da Aldeia 4462 178
Saquarema 2812 153
Últimas notícias sobre a COVID-19
corte

Prefeitura paga dívida e energia do Teatro é restabelecida

Nesta quinta (1), dez unidades municipais tiveram o fornecimento cortado por falta de pagamento

02 dezembro 2016 - 10h19Por Redação
Prefeitura paga dívida e energia do Teatro é restabelecida

O fornecimento de energia à Prefeitura de Cabo Frio foi cortado, ontem, mais uma vez, por falta de pagamento. De acordo com a Enel Distribuidora, antiga Ampla, foi interrompido neste quinta (1) o abastecimento em dez unidades municipais, entre elas a sede, a Secretaria de Educação e o Teatro. Para este último, a dívida já foi paga, segundo a administração municipal, e a energia, restabelecida. 

Segundo a concessionária, a decisão foi tomada após tentar negociar o débito em várias ocasiões. No entanto, o abastecimento dos serviços essenciais como iluminação pública, hospitais e escolas foi mantido. A Prefeitura informou que está levantando meios para fazer um acerto junto à operadora de energia para que o problema seja resolvido o mais breve possível.

O corte pegou de surpresa quem chegava à Prefeitura, que teve o acesso restrito. As pessoas eram orientadas por um guarda a voltar outro dia. No teatro, uma apresentação que aconteceria ontem foi adiada na noite desta terça (1), enquanto outra, do curso de formação do Espaço Cultural LD, hoje, cgehou a correr risco de não ser realizada.

– Estamos meio desesperados e tentando achar uma solução. É muito triste porque tem muitas crianças e famílias inteiras envolvidas, que esperam o ano todo para esse espetáculo acontecer – lamentava a atriz Débora Diniz, diretora da peça ‘Do Outro Lado do Vilarejo’.

Essa é a terceira vez apenas este ano que a Prefeitura tem a energia cortada por débitos com a concessionária.