Assine Já
segunda, 28 de setembro de 2020
Região dos Lagos
35ºmax
20ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8099 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1625 102
Armação dos Búzios 487 10
Arraial do Cabo 248 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 684 36
São Pedro da Aldeia 1323 51
Saquarema 1177 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
quebra-molas

Prefeitura inicia instalação de quebra-molas na Avenida Wilson Mendes

Providência acontece depois que moradores bloquearam o trânsito na via

05 novembro 2014 - 15h47Por Texto e fotos: Nicia Carvalho
 Prefeitura inicia instalação de quebra-molas na Avenida Wilson Mendes

Funcionários da Secretaria de Obras da Prefeitura de Cabo Frio deram início na manhã desta quarta-feira (5) à instalação de quebra-molas na Avenida Wilson Mendes, no bairro Jacaré. O trabalho teve início próximo ao Mercado Municipal do Peixe e o objetivo é evitar que novos acidentes aconteçam no local. Na manhã de terça-feira (4), uma comissão formada por cinco moradores do bairro se reuniu com o prefeito Alair Corrêa (PP) para reclamar sobre a falta de sinalização na via. O prefeito garantiu que a secretaria de Obras iria instalar os redutores dois quebra-molas emergenciais, dos quais um seria na subida e outro na descida da Ponte Feliciano Sodré. Além disso, o governo municipal se comprometeu num prazode 15 dias a apresentar para a comissão um projeto de intervenção definitiva para o local.

– Qualquer projeto para essa área tem que ser bem planejado porque senão pode causar um enorme congestionamento no centro da cidade e as pessoas não podem ficar em risco. Mas seja o custo que for, tem que ser feito – assegurou o prefeito.

Além dos redutores e das placas de sinalização indicando os quebra-molas, um plano de intervenção definitiva para o trecho está sendo elaborado pelos técnicos da prefeitura. O Dentre as opções, o projeto pode contemplar radar eletrônico de velocidade, fixado em cerca de 30 ou 40km/hora, semáforo, pinturas horizontais e verticais.

 A ideia da secretaria de Obras é fechar o acesso em frente ao mercado de peixe no sentido Rio, Porto do Carro e Jardim Esperança e levar cerca e 30 metros para trás. Questionado sobre o porquê de o local não ter sido sinalizado antes, o secretário de Obras explicou que as necessidades mudaram.

– Quando a ponte foi erguida as circunstâncias eram outras. Hoje temos mais carros, aumentou a população, a velocidade dos carros é maior. Mas vamos corrigir isso – afirmou.

Castro explicou ainda que além dos dois redutores de velo-cidade que serão instalados hoje, também serão colocadas placas de sinalização para avisar aos motoristas sobre os quebra-molas.

– Precisamos das placas para os motoristas não serem pegos de surpresa e terem que reduzir a velocidade bruscamente. O que também pode ocasionar acidentes – completou.

Segundo os moradores muitas pessoas já foram vítimas da imprudência dos motoristas que trafegam pela ponte com velocidade que varia entre 80km/hora a 120 km/hora. Desde a construção, há 12 anos, o comerciante Adriano Melo, 40, diz ter presenciado pelo menos oito acidentes com morte. No total, 15 mortes aconteceram no local.

– Demorou muito para que alguma coisa fosse feita. Na verdade, desde a construção da ponte isso já deveria ter sinalizado melhor esse trecho – contou.  

O encontro aconteceu depois que um grupo de moradores do bairro Jacaré bloqueou o trânsito, por volta das 18h30 de segunda-feira (3), na Avenida Wilson Mendes, no acesso da Ponte Feliciano Sodré. Manifestantes colocaram pneus na pista e atearam fogo em protesto por conta da falta de sinalização.