Assine Já
terça, 07 de julho de 2020
Região dos Lagos
26ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
TEMPO REAL Suspeitos: 311 Confirmados: 3077 Óbitos: 182
Suspeitos: 311 Confirmados: 3077 Óbitos: 182
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 272 585 40
Armação dos Búzios X 265 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 954 58
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 1 479 16
Saquarema 16 493 30
Últimas notícias sobre a COVID-19
obras

Prefeitura garante fiação da Ampla no subsolo da Joaquim Nogueira

Concessionária  afirma que conta será paga pelo município

05 novembro 2014 - 16h29Por Rodrigo Branco|Fotos: Nicia Carvalho
 Prefeitura garante fiação da Ampla no subsolo da Joaquim Nogueira

As obras para readequação das redes elétrica e telefônica na Avenida Joaquim Nogueira, em São Cristóvão, seguem a todo vapor, mas ainda não é certo quem, no final, pagará a conta da mudança da fiação do modelo aéreo para subterrâneo. Enquanto a prefeitura afirma que ainda se reunirá com diretores da Ampla e da Oi, a fim de resolver o assunto, a concessionária de energia elétrica garante que os custos pela substituição dos postes por cabeação de subsolo serão totalmente arcados pelos cofres municipais.

O secretário municipal de Obras, Paulo Castro, garantiu que não haverá problemas e disse que tudo o que foi feito até o momento teve o acompanhamento de técnicos das duas empresas.

– Ela (a Ampla) diz o que lhe interessa. O que importa é o interesse do município e não o da Ampla. Isso vai ser resolvido posteriormente, ao término da obra da calçada do outro lado (oposta à do Estádio Correão) – afirmou.

De acordo com Castro, no entanto, as conversas só deverão ser realizadas a partir de março do ano que vem, após a alta temporada, uma vez que após o término das atuais intervenções, elas serão paralisadas para os festejos de final de ano e retomadas no final do verão.

– Trata-se de uma obra altamente técnica, de difícil conclusão. Sairão todos os postes. Estamos colocando toda tubulação e as caixas de passagem para depois refazermos a calçada. Todo o projeto foi apresentado para a Ampla e a Oi. Tudo para melhorar a Joaquim Nogueira uma avenida nova, comercial e turística – disse Castro.

Em nota, a Ampla informou que não recebeu nenhum pedido da prefeitura para realocação da rede elétrica no bairro de São Cristóvão. A distribuidora esclareceu ainda que o padrão da rede da companhia é aéreo e ressalta que, de acordo com a Resolução 414/2010 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), no caso de adequação da rede para melhoria de aspectos estéticos, com instalação da rede subterrânea, a responsabilidade do custo integral é do solicitante, no caso, a prefeitura.

Enquanto a primeira etapa das obras não termina, para tormento de pedestres e comerciantes, conforme matéria publicada pela Folha na última semana, o secretário estima que serão necessário mais  30 dias s para a sua conclusão.

– É uma obra chata, com muitos detalhes, mas acredito que o prazo para o seu término não seja maior que este – acredita.