Assine Já
domingo, 20 de setembro de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
demissões

Prefeitura faz suspense sobre número de demissões

População já sente reflexos dos cortes em áreas como a Saúde

05 julho 2016 - 09h06Por Rodrigo Branco

A tesoura da administração municipal de Cabo Frio esteve amolada nos últimos dias, mas a extensão dos retalhos, ou melhor, dos cortes feitos na folha de pagamento ainda é desconhecida. Apesar de toda a expectativa, após um longo dia de reuniões com a participação do prefeito Alair Corrêa (PP), do secretário de Administração, Juliano Almeida, da procuradora-geral do município Danielle Ramos Teijeiro e de outros assessores, o número de funcionários demitidos não foi informado.

Segundo pessoas ligadas à Prefeitura, isso ainda não aconteceu porque a quantidade de pessoas exoneradas não foi totalizada pela administração municipal. Apesar dos rumores que as listas com os nomes dos dispensados teriam sido elaboradas antes, a alegação é de que as secretarias é que enviaram as relações para a Prefeitura.

Enquanto isso, as baixas já provocam efeitos práticos, principalmente na área de Saúde. A marcação de consultas para o Posto de Atendimento Médico de São Cristóvão está suspensa esta semana. O motivo, segundo a secretaria municipal de Saúde, é a reorganização dos horários, o que, ao que tudo indica, será bem trabalhoso. Segundo a Folha apurou, apenas na unidade 20 médicos foram demitidos, nenhum deles concursado.

Na sexta, outros 19 profissionais das áreas de ginecologia, cirurgia ginecológica e do ambulatório foram dispensados do Hospital da Mulher, no Braga. No Hemolagos, conforme foi noticiado no fim de semana, duas enfermeiras grávidas foram demitidas, segundo o diretor da unidade, Marcelo Paiva Paes.

(*) Leia a matéria na íntegra na edição impressa da Folha desta terça.