Assine Já
segunda, 24 de fevereiro de 2020
Região dos Lagos
25ºmax
20ºmin
Apartamento
POLÊMICA VIÁRIA

Prefeitura diz que Peçanha fez pedido para fechamento de retorno

Vereador nega vínculo com empresário e diz que requerimento foi pedido por moradores

17 janeiro 2020 - 20h26Por Redação
Prefeitura diz que Peçanha fez pedido para fechamento de retorno

O polêmico fechamento de um retorno na Avenida Assunção ganhou ontem mais um personagem. Segundo comunicado divulgado pela Prefeitura de Cabo Frio, o estudo técnico que embasou a obra levou em consideração um requerimento feito na Câmara Municipal, pelo líder da oposição ao governo, vereador Rafael Peçanha (PDT), em agosto do ano passado. O documento a que a Folha teve acesso elenca outras três modificações na avenida, uma delas recém-inaugurada via de passagem para veículos de emergência, a pedido do Corpo de Bombeiros.

De acordo com o parecer técnico, o requerimento feito pelo gabinete de Rafael foi feito em 30 de agosto de 2019 e endereçado ao secretário de Mobilidade Urbana, Everaldo Loback. O registro de atendimento feito pelo setor de Engenharia de Trânsito é datado de 4 de outubro. O parecer técnico da Engetrans anexado ao processo informava que a solicitação passava ‘por análise’ pela secretaria desde 9 de agosto. No documento enviado a Loback, o parlamentar alega que o requerimento foi feito a pedido de moradores e motoristas ‘para desafogar o trânsito e diminuir o risco para pedestres’.

À Folha, Rafael confirmou a versão e disse que a ação do governo de divulgar o seu nome ao controverso fechamento do retorno foi ‘política’, para tentar associá-lo a um suposto favorecimento a um empresário local, que possui uma pastelaria próxima ao retorno seguinte, mais de 100 metros adiante da via fechada. O comerciante fez doação de materiais para a obra do retorno de emergência, próximo à Praça Porto Rocha.

– Em agosto do ano passado, nosso gabinete foi procurado por alguns moradores, solicitando o fechamento do retorno da Avenida Assunção, em frente à prefeitura. Como sempre, remetemos a sugestão à prefeitura de Cabo Frio, que tem a autonomia e a função de estudar a viabilidade das reivindicações da população, executando ou não a ação. Portanto, a obra realizada pela prefeitura no local é de inteira responsabilidade do poder executivo, sendo todas as relações entre o governo e qualquer indivíduo ou instituição, referente ao caso, de responsabilidade exclusiva da própria prefeitura, tendo nosso mandato exercido apenas sua função legal – comentou ele, que promete pedir, na volta do recesso parlamentar, os documentos sobre a doação de materiais feita pelo empresário.

De acordo com a prefeitura, em agosto de 2019, foram feitos testes de fechamento do retorno e direcionamento do fluxo para o retorno seguinte e que ‘os resultados obtidos e a reação popular foram extremamente positivos, tendo em vista que a fila de veículos para a entrada no retorno foi deslocada para uma área em que a concentração de veículos é reduzida, logo proporciona segurança na travessia dos pedestres e redução significativa do trânsito’.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 29 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições na porta de casa, de terça a sábado. Ligue já: (22) 2644-4698.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.